FISCALIZAÇÃO

Aeroporto do Recife aumenta a fiscalização de bagagens de mão


As fiscalizações das bagagens de mão passarão a ser feitas no raio-x

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 02/05/2019 às 9:59
Marcelo Camargo/Agência Brasil
FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

Passageiros que estiverem com viagens marcadas para voos nacionais devem ficar atentos as novas orientações para despachar as malas. A partir desta quinta-feira (2), as fiscalizações da bagagem de mão serão feitas no raio-x e caso não esteja dentro das condições impostas, o passageiro deverá retornar ao check-in para pesar a mala e efetuar o pagamento das taxas referentes.

Daniele Sena, gerente de fiscalização do Procon, explica o que mudará para o passageiro na prática. “As medidas e o peso continuam os mesmos. O que muda é que as inspeções das malas eram feitas no portão do embarque e, para não atrasar o voo, a companhia acabava liberando o embarque. Agora as inspeções passarão a ser feitas no raio-x”, afirmou.

[PUBLICIDADE]

A gerente garante também que o passageiro pode economizar caso pague essa taxa de forma antecipada pela internet. “O passageiro pode se antecipar. Caso a mala passe das condições, eles podem pagar pela internet que muitas vezes o valor sai pela metade do que pagaria diretamente no aeroporto”, finalizou.

O valor da bagagem que for despachada pode variar entre R$59 e R$220.

Confira os detalhes na matéria de Juliana Oliveira:

Medidas

As bagagens devem ter as seguintes medidas: 55cm de altura, 35cm de largura e 25cm de profundidades de até 10kg.

A bagagem

Na bagagem de mão só podem ser levados cosméticos sólidos, mamadeiras, alimentos infantis, medicamentos essenciais de até 100ml, itens pessoais como carteira, celulares ou outros aparelhos pequenos.


Mais Lidas