MAIO AMARELO

Mais de 80 ações serão realizadas em Pernambuco no mês de maio


O Maio Amarelo é organizado para conscientização e prevenção de acidentes de trânsito

Fellipe Leandro
Fellipe Leandro
Publicado em 02/05/2019 às 20:56
Brenda Alcântara / JC Imagem
FOTO: Brenda Alcântara / JC Imagem
Leitura:

Começa neste mês o Maio Amarelo, movimento organizado para conscientização e prevenção de acidentes de trânsito, chamando a atenção da sociedade, de entidades, de empresas e do governo para o alto índice de feridos e mortos. A ONU fala em poupar 5 milhões de vidas até 2020.

Segundo a campanha, 3 mil mortes são registradas todos os dias em ruas e estradas mundo afora - representando um custo de US$ 518 bilhões por ano.

Em Pernambuco, de acordo com o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), no ano de 2018, foram aplicadas um 1.708.750 multas em todo o estado. A maioria das autuações foram por transitar em velocidade superior à permitida, que é uma das infrações que mais causam acidentes de trânsito em todo o Brasil.

Em 2019, os números se repetem. Das mais de 395.233 multas aplicadas até o mês de abril, 106,442 foram por transitar em velocidade superior à permitida.

Em entrevista a Rádio Jornal o Diretor do Detran-PE, Sebastião Marinho, explicou que serão mais de 80 ações no Estado.“São mais de 80 ações no mês de maio, mas interessante a gente frisar que o nosso maio amarelo é ano todo. Nós temos um calendário anual", conta.

Motocicletas

Ainda de acordo com Sebastião Marinho, o número de acidentes com motocicletas chega a 72%.

"As motocicletas impressionam pelo percentual do número de acidentes. São 72% então estamos dando uma intensificada forte no trabalho dos motociclistas. São mais de 80 ações neste mês de maio e ao longo do ano. Em relação a faixa etária 31% são de pessoas entre 20 e 29 anos. No meio de idade onde está intensamente vivendo. Em relação aos fatores, temos o cinto de segurança, a bebida e entre os cinco itens, o celular também está incluso", explicou.


Mais Lidas