SAÍDA

Ministra Damares Alves pode deixar governo Bolsonaro, segundo revista


Com a saúde debilitada e recebendo ameaças de morte, a ministra teria comunicado ao presidente que deixará a pasta que comanda

Karina Costa Albuquerque Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 03/05/2019 às 8:36
Marcelo Camargo/Agência Brasil
FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, pode deixar o governo, segundo a revista Veja. Damares se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) há alguns dias e comunicou o desejo de se afastar da pasta, após fazer um balanço dos seus quatros meses de gestão à frente do Ministério. Ao presidente, Damares afirmou que está cansada e precisa cuidar da saúde, que anda debilitada.

Ameaças de morte

Desde que assumiu o Ministério, Damares tem protagonizado episódios polêmicos, como a declaração em que afirma que “meninos vestem azul e meninas vestem rosa”. A ministra também tem vivido uma rotina estressante. Ela teve que deixar sua casa em Brasília e passar a morar em um hotel na capital federal após receber ameaças de morte.

Ainda de acordo com a Veja, por recomendação do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), Damares também não costuma antecipar a agenda, circula pela cidade escoltada e, durante todo o expediente, um segurança fica de guarda na entrada de seu gabinete no Ministério.


Mais Lidas