Operação da Polícia Civil mira tráfico e associação criminosa em PE

Objetivo é desarticular quadrilha envolvida em diversos crimes em Moreno

INVESTIGAçãO
Operação da Polícia Civil mira tráfico e associação criminosa em PE

Operação da Polícia Civil acontece na sede do Denarc, no Recife - Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã desta quarta-feira (8) a Operação Vigilância. O objetivo é cumprir cinco mandados de prisão e sete de busca e apreensão contra a quadrilha que é suspeita de diversos crimes, entre eles tráfico de drogas e associação criminosa. As investigações começaram em maio do ano passado. São 50 policiais civis envolvidos na operação.

O delegado Claudio Castro, que é o gestor do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), dá detalhes de como a quadrilha agia.

"Essa quadrilha, que vinha atuando na cidade de Moreno, investigada há cerca de um ano, a principal característica dela é a violência. Tanto é que, mesmo recluso, o líder dessa quadrilha ordenava homicídios. Conseguimos evitar seis homicídios e também identificar a autoria de duas tentativas naquela região", afirmou.

Dos cinco mandados de prisão cumpridos nesta quarta, três foram para alvos que estavam em liberdade e foram levados para a sede do Denarc, no Recife, e outros dois mandados contra detentos do sistema prisional que, mesmo presos, orquestravam o tráfico de drogas de dentro do presídio. Já o resultado do material apreendido através dos mandados de busca e apreensão ainda não foi divulgado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.