CARUARU

Prefeitura cadastra afetados por incêndio em Caruaru


Os cadastros estão sendo realizados no Espaço Cultural Tancredo Neves

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 08/05/2019 às 10:17
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Os comerciantes que tiveram suas barracas destruídas pelo incêndio na Feira da Sulanca, em Caruaru, Agreste de Pernambuco, podem realizar um cadastro com a Prefeitura da cidade até a próxima sexta-feira (10), no Espaço Cultural Tancredo Neves. Cerca de 50 bancos foram destruídos pelo fogo. Ainda não há informações do que pode ter causado o incêndio.

[PUBLICIDADE]

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, estava participando de um congresso fora do estado quando ocorreu o acidente, mas chegou na noite desta terça-feira (7) e afirma que está acompanhando todo o ocorrido. “Eu tenho acompanhado todo o incêndio que houve na feira. Estamos tomando todas as providências para poder acolher feirantes que perderam as barracas e preservar o espaço que foi afetado”, afirmou.

O perito criminal Meirele Lucio destaca que existem duas possibilidades para causa do incêndio que foi registrado na última segunda-feira (6). “Existem duas possíveis causas. Pode ser um fogo criminoso, causado de forma intencional ou um curto circuito de forma acidental. Nada pode ser descartado, mas tudo indica que tenha sido curto circuito. Nós temos 10 dias para emitir o laudo pericial”, concluiu.

Funcionamento normal

Segundo a Secretaria Extraordinária da Feira da Sulanca, o incêndio não vai afetar as atividades e na próxima segunda-feira (13) a feira funcionará normalmente, a partir das 5h.

Confira os detalhes na matéria de Berg Santos:


Mais Lidas