OPERAÇÃO

Operação da Polícia prende grupo que sonegou mais de R$ 65 milhões


No mandado de busca, foram apreendidos 28 carros de luxo, quatro embarcações e 15 imóveis

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 09/05/2019 às 10:13
Reprodução / Polícia Civil
FOTO: Reprodução / Polícia Civil
Leitura:

Na manhã desta quinta-feira (9), as polícias Civil de Pernambuco, São Paulo e da Paraíba junto com a Secretaria da Fazenda (Sefaz) deflagraram a Operação Mar Aberto, que investigava uma empresa pernambucana que teria movimentado mais de R$ 350 milhões em cinco anos e foi constatado a sonegação R$ 65 milhões.

[PUBLICIDADE]

A polícia prendeu o dono da empresa Ecomariner que está sendo investigada na operação. Também foram presos o pai e o primo do empresário.
O delegado que está investigando o caso conta detalhes da investigação. “O grupo Ecomariner movimentou em torno de R$ 300 milhões de reais e sonegou cerca R$ 65 milhões. Foram nove mandados de prisão e oito já foram cumpridos e esperamos até o fim do dia efetuar a última prisão”, afirmou.

Apenas nesta manhã, a polícia cumpriu nove mandados de prisão e 18 de busca e apreensão em Pernambuco, São Paulo e Paraíba. Durante o cumprimento da operação, a Polícia Civil apreendeu 28 carros de luxo, sendo uma Ferrari, um Porshe e um Maserati, além de quatro embarcações e 15 imóveis.

Confira os detalhes na matéria de Cinthia Ferreira:


Mais Lidas