População LGBT luta por respeito, segurança e garantia de direitos

A série especial "Identidades" revela histórias da pessoas LGBTs e de quem luta pelo fim do preconceito

ESPECIAL
População LGBT luta por respeito, segurança e garantia de direitos

A série teve início nesta quarta-feira (15) - Foto: Reprodução/TV Jornal

Violência, intolerância, desrespeito. Essas ainda são situações que a população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) precisa enfrentar. A série "Identidades" do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação coloca em foco histórias de pessoas que lutam diariamente para garantir mais segurança e direitos. 

Confira as duas primeiras reportagens com a repórter Isa Maria:

 

LGBTfobia

No Brasil, A LGBTfobia, que é a violência praticada contra essas pessoas, assusta. Segundo dados do Ministério dos Direitos Humanos, foram registrados, entre os anos de 2011 e 2018, um total de 4 mil 442 assassinatos motivados por esse tipo de preconceito no país. Em estimativa, a cada 16 horas, um LGBT é morto. Com esses números, o Brasil é o país onde mais se mata LGBT'S no mundo.

No estado de Pernambuco, foram contabilizados 33 assassinatos à parcela não heterossexual da população em 2018. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.