play_circle_outline
Debate da Super Manhã

Geraldo Freire

access_time

02:40

Super Manhã / Passando a limpo

Geraldo Freire

access_time

03:20

Consultório do Rádio Livre

Anne Barretto

play_circle_outline
Debate da Super Manhã

Geraldo Freire

access_time

02:40

Super Manhã / Passando a limpo

Geraldo Freire

access_time

03:20

Consultório do Rádio Livre

Anne Barretto

search close
Rio de Janeiro

Túnel acústico é reaberto parcialmente no Rio após desabamento

Desabamento da cobertura foi causado pelo deslizamento de terra, após chuva constante que atingiu a cidade do Rio de Janeiro nos últimos dias

Túnel acústico é reaberto parcialmente no Rio após desabamento
Reabertura do túnel ocorreu no início da madrugada e contou com a presença do prefeito, Marcelo Crivella - Foto: Reprodução/Rádio Jornal
Agência Brasil

O túnel acústico Rafael Mascarenhas, interditado desde a última sexta-feira (17), após desabamento de parte da cobertura, foi reaberto parcialmente neste domingo (19). O trânsito foi liberado somente em direção a São Conrado e Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O sentido Lagoa continua interditado, com o trânsito sendo desviado para o bairro Jardim Botânico.

O desabamento da cobertura foi causado pelo deslizamento de terra, após chuva constante que atingiu a cidade nos últimos dias. A estrutura caiu atingindo um ônibus que passava no momento, mas o motorista conseguiu frear a tempo e somente a parte frontal do veículo foi danificada, sem deixar feridos.

A reabertura ocorreu no início da madrugada e contou com a presença do prefeito, Marcelo Crivella.

Os trabalhos no local continuam e foram removidas, até agora, cerca de 130 toneladas de resíduos como árvores, galhos, pedras e lama. A previsão, feita por Crivella, é reabrir totalmente a via na segunda-feira (20), em ambos os sentidos.

Outra alternativa para os motoristas que trafegam entre a Barra da Tijuca e a zona sul, a Avenida Niemeyer foi liberada, após ser interditada por deslizamentos, e está funcionando nos dois sentidos em sistema de siga e pare.

Técnicos da prefeitura seguem monitorando a encosta e a via pode voltar a ser totalmente interditada, de acordo com as condições do tempo.


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.