PESQUISA

Avaliação negativa supera a positiva sobre o governo Bolsonaro, aponta pesquisa

Foi observado uma alta de 5% nas avaliações ruim ou péssima e uma baixa de 1% na ótima ou boa

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 24/05/2019 às 11:49
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Segundo um levantamento feito pela Edição Especial da Pesquisa XP/Ipespe, 36% dos entrevistados classificou a atuação do governo de Jair Bolsonaro como ruim ou péssima, uma alta de 5% em comparação com o resultado observado na primeira semana de maio.

Já o nível de ótimo ou bom oscilou em 1% para baixo no mesmo intervalo, passando para 34%. Apesar do viés negativo, o saldo de avaliação está dentro da margem de erro da pesquisa, de 3,2% para cima ou para baixo, como avalia o cientista político Antonio Lavareda. “Embora o número de pessoas que consideram atual governo como péssimo tenha ultrapassado com o bom, ainda está dentro da margem de erro. Essa pesquisa aponta o esvaziamento da capital de apoio do presidente”, afirmou.

Um movimento descendente também foi observado nas expectativas da população para o restante do mandato de Bolsonaro. De acordo com a pesquisa, o grupo de eleitores que esperam uma gestão ótima ou boa caiu de 51% para 47% entre a primeira e a terceira semana de maio. O número, porém, ainda é considerado positivo por lavareda. “O capital político do governante pode ser medido pela expectativa com o restante do mandato de Bolsonaro, porque pode ter pessoas que avaliem negativamente o momento do governo, mas que ainda possuem alguma expectativa até o final do mandato”, completou.

Confira os detalhes na matéria de Victor Tavares:

No total, foram feitas mil entrevistas, entre os dias 20 e 21 de maio, com eleitores de todas as regiões do País.

Mais Lidas