ASSASSINATO

Pai e filho são assassinados a tiros em Gravatá

A polícia acredita que a principal motivação do crime seria o tráfico de drogas

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 24/05/2019 às 9:51
Acervo/JC Imagem
FOTO: Acervo/JC Imagem
Leitura:

Nesta quinta-feira (23), o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, Agreste de Pernambuco, liberou os dois corpos das vítimas do duplo homicídio que aconteceu na cidade de Gravatá, também no Agreste. Segundo a Polícia Militar, na noite da última quarta-feira (22) dois homens teriam chegado na casa de Vinicius Carlos da Silva, de 16 anos, e atirado contra ele.

No momento da ação, o pai da vítima teria atravessado para proteger o filho e também foi atingido. Sebastião Carlos da Silva, de 48 anos, foi alvejado pelos disparos e encaminhado para o Hospital Regional do Agreste (HRA), mas não resistiu e faleceu. Vinicius também foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

A polícia investiga o caso e acredita que a principal motivação do assassinato tenha sido uma dívida de drogas que o Vinicius teria com os criminosos.

Confira os detalhes na matéria de Berg Santos:

O delegado Álvaro Graco explica os detalhes do crime. “O Vinicius foi abordado por dois homens em uma moto e o garupa, ao identificar o menor de idade, começou a efetuar vários disparos. O pai tentou intervir para proteger seu filho e também foi atingido. Houve vários disparos na face de Vinicius. Já temos uma linha de investigação definida e ao que tudo indica, o homicídio tenha haver com o tráfico de drogas” disse o delegado.

Mais Lidas