VISÃO OCULAR

Saiba o que causa o glaucoma, doença sem cura e que pode cegar

Segundo a OMS, a cada ano, são registrados 2,4 milhões novos casos de glaucoma

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 25/05/2019 às 12:40
Reprodução/Internet
FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

O glaucoma é uma doença ocular silenciosa e perigosa que não apresenta sintomas e pode levar à cegueira irreversível. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que, a cada ano, são registrados 2,4 milhões novos casos de glaucoma. Isso representa um total de 60 milhões de pessoas no mundo portadores da doença.

E segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), até o ano passado, o glaucoma era a causa da falta de visão em mais de 2,5 milhões de pessoas no Brasil.

A oftalmologista do Instituto de Olhos Fernando Ventura, Catarina Ventura, explica como ocorre a doença. "Em geral, existem várias causas mas a mais frequente é a pressão ocular alta, que vai danificando as fibras do nervo óptico, causando uma cegueira irreversível. Você não sente a pressão, a não ser que ela esteja muito elevada e aí vai dar um borramento de visão, um olho vermelho", alertou.

Grupo de risco do glaucoma

Por não possuir sintomas, a doença só é diagnosticada em consultas oftalmológicas, como o chamado “exame de fundo de olho”, utilizado para aferir a pressão ocular. Pacientes negros, acima de 40 anos ou que tem outras patologias como diabetes ou miopia muito altas formam o grupo de risco.

A oftalmologista explica ainda que não existe cura para o glaucoma, apenas tratamento. "O tratamento do glaucoma é uso de colírios", contou.

Neste domingo (26) é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, data que tem o objetivo de conscientizar a população para a existência da doença e principalmente reforçar a importância para a realização dos exames rotineiros para fazer um diagnóstico precoce.

Ouça a matéria completa na reportagem de Max Augusto:

Mais Lidas