Profissionais de saúde de PE recebem curso para lidar com surto de Chagas

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, 24 pessoas foram confirmadas com a doença e cinco estão internadas no Hospital Oswaldo Cruz, no Recife

CURSOS
Profissionais de saúde de PE recebem curso para lidar com surto de Chagas

Os sintomas da doença de chagas são semelhantes aos da dengue, o que tem dificultado o diagnóstico imediato - Foto: Reprodução/TV Jornal

Por causa do do surto da Doença de Chagas que vem acontecendo no estado de Pernambuco, pelo menos desde o dia 31 de Maio, o Governo do Estado está promovendo cursos com representantes de vários municípios do estado e com profissionais da saúde para que essas pessoas tenham um maior conhecimento sobre a doença para ajudar a população em casos de pessoas que apresentarem esses sintomas.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, 24 pessoas foram confirmadas com a doença e cinco estão internadas no Hospital Oswaldo Cruz, que é um hospital de referência da doença, também apresentando sintomas.

Wilson Oliveira, que é médico cardiologista da Casa do Portador de Chagas e que funciona no bairro Santo Amaro, explica quais são os principais sintomas desta doença e como é que ela é transmitida.

“Basicamente, a doença pode ser transmitida pela contaminação de alimentos, seja ele qual for. A gente tenta descobrir qual foi o alimento que trouxe esse surto. Ele pode ser transmitido também pela picada de inseto e transmitido de mãe para filho. Uma mãe com chaga pode transmitir para o filho. Também teríamos a possibilidade de uma contaminação acidental. Outro aspecto importante é dividir a doença em fase aguda e fase crônica A aguda é quando vai ser a contaminação oral e ela se caracteriza os sintomas inespecíficos. Por isso que, no início, muitas vezes não é fácil dar o diagnóstico. Os sintomas mais frequentes: febre que permanece por um tempo. o coração acelera, dor no estômago. Além disso, o doente tem artralgia, um edema que pode ser só de face ou pode ser um edema generalizado e a fase crônica que seria aquela em que os pacientes saem da fase aguda e entram na fase crônica podendo permanecer a vida inteira.”

A Casa de Chagas funciona na Rua Álvares de Azevedo, número 220, no bairro de Santo Amaro próximo ao Hospital Oswaldo Cruz.

Ouça a entrevista com o cardiologista:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.