ZONA SUL

Suspeitos de furtar apartamento de comerciante chinês em Boa Viagem são detidos em Minas Gerais

Os criminosos faziam parte de um grupo que tinha como alvo comerciantes chineses

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 10/06/2019 às 15:40
Divulgação/ Polícia Civil
FOTO: Divulgação/ Polícia Civil
Leitura:

A polícia deteve três suspeitos de estarem envolvidos no assalto ao apartamento de um comerciante chinês, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Eles foram encontrados na cidade de Três Lagoas, em Minas Gerais. A polícia chegou aos suspeitos por denúncias feitas pela população da cidade de Tracunhaém, na Zona da Mata Norte do Estado, após um dos homens ter a imagem divulgada.

O crime aconteceu no dia 4 de junho e as imagens foram compartilhadas pela Polícia Civil no dia 6 de junho.

O delegado Alfredo Jorge, explica como a polícia encontrou os três suspeitos. “Após exibirmos as imagens em que o suspeito aparece, começamos a receber ligações das pessoas de Tracunhaém dizendo que os envolvidos no furto estavam naquela cidade. A gente efetuou diligências e conseguiu chegar até a placa do veículo. A população disse que logos após a divulgação das imagens, eles fugiram”, contou.

Segundo o delegado, a placa do veículo utilizado pelos criminosos foi repassada para a Polícia Rodoviária Federal, que rastreou o carro. “Na cidade de Sete Lagoas o trio foi detido com o veículo e parte do que foi furtado (...) Eles fazem parte de uma associação criminosa que guardam esse modus operandi de ter como vítimas chineses”, detalhou o delegado.

Confira os detalhes no flash de Leonardo Baltar:

Suspeitos livraram flagrante

O trio foi detido durante ação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-040, Sete Lagoas. Como não havia mais o flagrante, dois suspeitos foram liberados após serem detidos. Eles vão responder em liberdade pelo crime de furto. Foram eles Sandro José da Silva Junior e Beatriz Santos da Silva.

Já João Luiz da Silva Neto, conhecido como Netinho, que é natural de Tracunhaém, mas há muito tempo morava em São Paulo, no momento da abordagem, apresentou uma CNH falsa e foi autuado em flagrante por uso de documento falso.

Entre os objetos encontrados estão relógios, notebook, câmera fotográfica, joias, notas de dólar, euro e outras moedas estrangeiras.

Mais Lidas