Saiba como Santo Antônio ficou conhecido como casamenteiro

Santo Antônio foi canonizado em 1.231 e uma série de milagres é atribuída ao monge franciscano

DEVOÇÃO
Saiba como Santo Antônio ficou conhecido como casamenteiro

Santo Antônio foi canonizado em 1.231 - Foto: Reprodução/ Internet

Nesta quinta-feira (13), é lembrado o Dia de Santo Antônio. O português Fernando de Bulhões, nome de batismo do divino, foi canonizado onze meses após a morte, em 1.231É atribuída ao monge franciscano uma série de milagres, além de ser conhecido como exímio pregador.

Santo casamenteiro

Aproveitando esse Dia dos Namorados, comemorado nesta quarta-feira (12), vale lembrar que Santo Antônio é considerado o santo casamenteiro, referência adquirida ainda em vida, como explica o frei Romualdo Bezerra. “Ele procurava ajudar as pessoas pobres que queriam casar a fazer coletas para ajudar no casamento”, disse.

Confira os detalhes na reportagem de Thiago Barreto:

 

Santo Antônio é lembrado como protetor dos pobres, amigo das causas do coração e ajuda na busca de objetos perdidos.

Programação na Região Metropolitana do Recife

Na área de abrangência da Arquidiocese de Olinda e Recife, oito paróquias são dedicadas ao santo, sendo a do Cabo de Santo Agostinho a mais antiga.

Programações especiais estão sendo realizadas no bairro em Jaboatão dos Guararapes e Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife, e no município de Primavera, na Zona da Mata Sul do Estado. Na capital, os devotos vão agradecer por graças alcançadas e renovar os pedidos nas igrejas em Água Fria, Areias e Torrões, na área central da capital pernambucana.

Na Paróquia do Santíssimo Sacramento, a matriz de Santo Antônio, na Praça da Independência, o dia é de missas. O guardião do espaço religioso, o frei Romualdo Bezerra, comenta a importância de Santo Antônio para a comunidade católica. “Esse santo é para igreja uma referência muito grande de fé, de amor à sagrada escritura e acreditou na palavra de Deus. Procurou na sua vida viver essa palavra e transmitir para outros. É um santo de muita fé”, disse.  

Para os fiéis que ainda não tiveram tempo de agradecer por graças alcançadas a Santo Antônio, ainda tem celebração, iniciando às 17h, no convento da Rua do Imperador.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.