ARRAIÁ

ONG Doutores da Alegria promove São Joãozinho em hospitais do Recife

O arraial nos hospitais dos Doutores da Alegria tem início na segunda-feira (17), no Imip

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 14/06/2019 às 17:07
Divulgação/ Doutores da Alegria
FOTO: Divulgação/ Doutores da Alegria
Leitura:

Com a proximidade dos festejos juninos, a ONG Doutores da Alegria vai levar a animação do forró a hospitais públicos da Região Metropolitana do Recife. A organização sem fins lucrativos introduz os palhaços ao universo da saúde levando arte a crianças hospitalizadas.

O coordenador artístico da ONG Doutores da Alegria do Recife, Arilson Lopes, atua há 13 anos no grupo e comenta sobre a experiência de levar o trabalho circense aos hospitais. “O hospital é um lugar que nem sempre é de alegria e brincadeira para as crianças. A presença do palhaço faz com que as crianças consigam se encontrar com a sua própria essência da brincadeira, do jogo, da diversão, da alegria”, disse.

Além do cortejo junino, os palhaços vão encenar a peça teatral “A peleja do noivo que tentou enganar a noiva na festa de São João, ou vice-versa”, que conta com a presença do musicista Dudu do Acordeon.

Início do cortejo junino

O arraial nos hospitais tem início, na segunda-feira (17) no Imip, no bairro da Boa Vista, área central do Recife, às 10h.

Após as apresentações nos hospitais, crianças de escolas da rede municipal e de projetos sociais do bairro do Pina, na zona Sul do Recife, além do público em geral, vão acompanhar uma apresentação especial do São Joãozinho. Os palhaços encenam “A peleja do noivo que tentou enganar a noiva na festa de São João ou vice e versa” no dia 21 de junho, às 10h, no Teatro Barreto Júnior. A entrada é gratuita, mas sujeita à lotação da casa.

Agenda do São Joãozinho

  • 17/06 – 10h – IMIP
  • 18/06 – 10h – Hospital Universitário Oswaldo Cruz e Procape
  • 19/06 – 10h – Hospital da Restauração
  • 20/06 – 10h – Hospital Barão de Lucena
  • 21/02 – 10h – Teatro Barreto Júnior
  • Doutores da Alegria

Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que introduziu a arte do palhaço no universo da saúde, intervindo junto a crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos. Fundada em 1991 por Wellington Nogueira, transita pelos campos da saúde, da cultura e da assistência social e reforça a cultura como um direito de todos.

Desenvolve o Programa de Palhaços em 12 hospitais de São Paulo e Recife. No Rio de Janeiro, com o projeto Plateias Hospitalares, mantém uma programação artística permanente e diversa em seis hospitais. A Escola Doutores da Alegria traz formações diversas para o público em geral e para artistas e, entre suas iniciativas, se destaca o Programa de Formação de Palhaço para Jovens.

A organização desenvolve ainda espetáculos e intervenções urbanas. O trabalho é gratuito para os hospitais e mantido por doações de empresas e pessoas.

Mais Lidas