Pernambuco adere a ato contra reforma da Previdência nesta sexta

Grupos promovem manifestações em todo Estado na manhã de hoje

PARALISAçãO
Pernambuco adere a ato contra reforma da Previdência nesta sexta

Passageiros estão indo aos terminais de ônibus mesmo com a previsão de paralisação - Foto: Reprodução/Rádio Jornal

Com informações do JC Online

Em apoio à manifestação nacional contra a reforma da Previdência convocada por centrais sindicais,  Pernambuco amanheceu, nesta sexta-feira (14), com pontos de bloqueio em algumas rodovias e com o transporte público parcialmente paralisado.

Leia tambémSaiba quais são as categorias que devem aderir à paralisação desta sexta-feira

Na BR-101, em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, manifestantes bloquearam o trecho no quilômetro 47,5, nos dois sentidos da via, desde 3h50. Entulhos na pista foram despejados, deixando apenas uma faixa livre em cada sentido. Por volta das 7h, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) retirou os materiais e liberou a via. Já no quilômetro 145 da BR-232, em São Caetano, no Agreste de Pernambuco, o trânsito também está bloqueado.

Ainda na BR-232,  nas proximidades da Fazenda Canaã, no povoado de Ipanema, que fica entre as cidades de Pesqueira e Arcoverde, também há bloqueio. Segundo as primeiras informações, os movimentos sindicais e o movimento dos trabalhadores sem-terra bloquearam a BR, ateando fogo em pneus e obstruindo a circulação de veículo. Uma porteira foi colocada no local, bloqueando a passagem de veículos de grande porte. Até o momento, nenhum dos movimentos se pronunciou sobre a paralisação da BR. A pista segue bloqueada nos dois sentidos.

Ônibus

No terminal da PE-15 e pelo terminal Pelópidas Silveira, os coletivos estão lotados de passageiros, saindo para fazer viagem nas paradas de ônibus. Há passageiros aguardando nesta manhã eles passarem e a cidade pelo menos por enquanto está com fluxo tranquilo normal de uma sexta-feira.

Confira o giro dos ônibus com a repórter Juliana Oliveira:

De acordo com informações de funcionários, que não quiseram gravar entrevista, alguns ônibus não estão conseguindo sair das garagens, porque há um grupo de pessoas bloqueando a saída dos veículos.

A repórter Isa Maria conversou com alguns passageiros que estão com dificuldades de sair do Terminal Integrado de Xambá, em Olinda.

Confira:

Confira as categorias que aderiram a greve 

Universidades - Ainda na noite dessa quinta-feira (13), a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) soltou uma nota em que informou aderir à paralisação. Assim, os trabalhos voltariam ao normal apenas na próxima segunda-feira (17). Já a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) afirmaram que não irão registrar faltas dos alunos.

Professores;

Metroviários – anunciaram paralisação por 24h a partir desta sexta (14). Segundo a CBTU Recife, as Linhas Centro e Sul do Metrô funcionarão das 5h às 9h e das 16h às 20h, horários de pico do sistema. A Linha Diesel (VLT) não terá operação

Rodoviários -a oposição do Sindicato dos Rodoviários do Recife e Região Metropolitana (Sttrepe) prometeu fazer uma paralisação. Apesar de apoiar, o sindicato negou que haja até o momento dessa publicação o indicativo de greve;

Funcionários dos Correios – paralisação por 24h a partir da 0h desta sexta (14);

Enfermeiros;

Bancários;

Metalúrgicos;

Químicos;

Portuários;

Trabalhadores rurais;

Eletricitários;

Urbanitários;

Servidores públicos municipais, estaduais e federais.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.