PASSAGEIROS

Em Olinda, ônibus passam a circular com ar-condicionado


Ônibus fazem parte da linha Jardim Brasil/ Rio Doce e circulam no município de Olinda

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 17/06/2019 às 12:44
Divulgação/ Prefeitura de Olinda
FOTO: Divulgação/ Prefeitura de Olinda
Leitura:

A partir desta segunda-feira (17), os passageiros que dependem da linha Jardim Brasil/ Rio Doce podem ter a sorte de encontrar um dos veículos climatizado. É que após o prefeito de Olinda assinar o decreto que determina a instalação de ar-condicionado nos ônibus que fazem parte da frota que circula no município, dois ônibus do trecho começaram a circular com os equipamentos.

O primeiro ônibus saiu das imediações do Terminal de Rio Doce por volta das 8h. O decreto vai continuar seguindo um calendário de implantação. O documento estipula que todos os veículos estejam devidamente refrigerados em um prazo total de quatro anos, tendo como base proporcional a instalação em, no mínimo, 25% da frota anualmente.

O prefeito de Olinda, Lupércio, andou em um dos veículos nessa manhã para acompanhar a implantação. “A gente sabe que a instalação de ar-condicionado não é uma questão de luxo. É uma necessidade para os passageiros e motoristas e cobradores”, afirmou Lupércio.

Recife sanciona lei para climatizar ônibus

No dia 28 de maio, o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, sancionou a lei que prevê a instalação de aparelhos de ar-condicionado nos coletivos da cidade. O Projeto de Lei foi votado e aprovado, por unanimidade, pelos vereadores nesta segunda-feira (27).

O objetivo da lei é que, em outubro, 25% da frota de ônibus já circule com ar-condicionado e que, de forma gradual, todos os ônibus já funcionem com o equipamento até 2023. Porém, o Grande Recife Consórcio de Transporte apresentou um estudo para a Câmara de Vereadores e a instalação dos equipamentos vai impactar em R$ 0,33 no preço da passagem.


Mais Lidas