Policial morto em troca de tiros é sepultado em Santa Maria do Cambucá

O policial militar André José da Silva, de 32 anos, foi morto durante o exercício da função, nesta segunda-feira (1º)

LUTO
Policial morto em troca de tiros é sepultado em Santa Maria do Cambucá

Soldado André Silva, 32 anos, foi morto durante troca de tiros com criminosos em Santa Cruz do Capibaribe - Foto: Reprodução/NE10 Interior

O corpo do policial militar André José da Silva, de 32 anos, foi velado e sepultado na cidade de Santa Maria do Cambucá, no Agreste de Pernambuco, nesta terça-feira (2). Ele foi morto após troca de tiros com criminosos, no final da manhã desta segunda-feira (1º), em Santa Cruz do Capibaribe. O corpo dele foi enterrado no cemitério municipal.

Confira os detalhes no flash de Renata Araújo:

Na tarde desta terça-feira (2), familiares e amigos se despediram do PM morto
Na tarde desta terça-feira (2), familiares e amigos se despediram do PM morto
Renata Araujo/TV Jornal Interior

Oito suspeitos mortos 

Na manhã desta terça-feira (2), oito suspeitos de envolvimento na morte do policial militar foram mortos durante confronto com a Polícia Militar entre os municípios de Barra de São Miguel e Conceição, na Paraíba.

Segundo informações passadas pela polícia, os mortos são seis homens e duas mulheres. Entre eles, havia um vereador do município de Betânia, no Sertão. Andson Burigue de Lima, de 29 anos, foi morto no confronto. As vítimas chegaram a ser levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz do Capibaribe, mas não resistiram.

Quatro pessoas teriam participado da investida contra o mercado que deixou o policial André José da Silva, 32 anos, morto. Os outros envolvidos teriam participado do resgate do grupo criminoso.

A operação foi integrada e contou com a participação da Polícia Militar de Pernambuco e da Paraíba. Dois helicópteros do Grupo Tático Aéreo (GTA) deram apoio à ação.

Entenda o caso

Quatro homens armados assaltaram uma casa lotérica e um mercado no bairro Dona Lica, em Santa Cruz do Capibaribe, e foram perseguidos por uma viatura da Polícia Militar. As câmeras do estabelecimento mostram o momento em que os criminosos chegam ao local.

Um funcionário do mercado confirmou que o dinheiro do caixa foi levado e os assaltantes fizeram várias ameaças e xingamentos aos clientes. Pouco depois do assalto, os homens foram perseguidos pela Polícia Militar.

O sargento Moacir Pereira, 47 anos, também foi baleado durante a perseguição aos criminosos, mas sobreviveu. Ele passou por atendimento e está na sala de recuperação do Hospital Regional do Agreste (HRA).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.