Tentativa de feminicídio

Jovem atingida por soda cáustica teve queimaduras de terceiro grau no corpo


Ex-marido é o principal suspeito do crime; ele não aceitava o fim do relacionamento

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 05/07/2019 às 9:19
TV Jornal
FOTO: TV Jornal
Leitura:

Uma mulher foi atacada pelo ex-marico com soda cáustica. A atendente de lanchonete de 19 anos voltava do trabalho. Ela caminhava por uma escadaria, no bairro de Nova Descoberta, por volta das 23h, quando foi surpreendida pelo ex-marido, um agente de saúde, de 27 anos, e por um amigo dele, frentista. Os dois jogaram uma substância corrosiva na jovem e fugiram. Desesperada, ela começou a gritar.

Vizinhos tentaram jogar água na vítima, para tentar aliar a dor e o queimor, que eram muito grandes. Ela foi colocada dentro de um carro de um morador da área e levada às pressas para o Hospital da Restauração. A vítima deu entrada ainda consciente, mas teve que ser entubada.

A jovem teve queimaduras de terceiro grau no rosto, pescoço, tórax, braços, abdômen e coxas. Parte do cabelo dela chegou a cair. No local, ainda foi possível encontrar o pote de sorvete, onde os suspeitos armazenaram hidróxido de sódio, mais conhecido como soda cáustica. Segundo o Hospital da Restauração, se misturada com água, a substância é mais corrosiva que ácido.

Denúncias

Na Delegacia da Mulher, em Santo Amaro, a mãe estava com o que restou de um sutiã da filha. A peça ficou completamente queimada. A bolsa da filha também foi atingida pela substância. Muito abalada, a mãe contou que a jovem teve um relacionamento de quatro anos com o ex e que estava separada há cerca de seis meses. Ele não estava conformado com a separação, já tinha agredido a jovem várias vezes.

“Desde que ela se separou dele, ele vem fazendo isso com ela. Ele está casado com outra mulher, mora com ela e tudo, mas não deixava a minha filha em paz. Ele já foi atrás dela, numa parada de ônibus, com a atual e a cunhada, seguraram ela e bateram na minha filha. Foram sete BOs contra ele, que sempre disse que ia matar ela.”

(Matéria atualizada às 13h14 para corrigir uma informação. A jovem que sofreu graves queimaduras pelo ex-marido foi exposta à soda cáustica, que não é uma substância ácida, mas sim alcalina.)


Mais Lidas