SES

Especialista faz alerta após duas mortes por meningite em Pernambuco


Uma criança de 3 anos e um adolescente de 13 anos faleceram vítimas de meningite na cidade de Cachoeirinha, no Agreste de Pernambuco

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 12/07/2019 às 14:24
Reprodução/Internet
FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

Após a Secretaria Estadual de Saúde confirmar que uma criança de três anos e um adolescente de 13 morrerem de meningite em Cachoeirinha, no Agreste de Pernambuco. O adolescente faleceu no dia 5 de julho e o menino de 3 anos morreu no dia 10 de julho.

A SES confirmou que 24 casos foram notificados em Pernambuco este ano e 13 foram confirmados. O infectologista Luciano Arraes alerta sobre os sintomas da meningite. “A meningite pode se manifestar como uma dor de cabeça de forte intensidade, diferente da dor de cabeça que as pessoas estão acostumadas, acompanhada por febre e enjoos ou vômitos, mas também podem ter outras manifestações clínicas como a rigidez no pescoço, dificuldade de você movimentar a cabeça, presença de crises convulsivas ou sonolência excessiva, isso vai variar de acordo com a faixa etária do indivíduo”, detalhou.

De acordo com o especialista, a meningite é transmitida por via aérea e da saliva. “A bactéria, que está na garganta do paciente, é transmitida para outra pessoa. Essa bactéria vai se alojar na região respiratória do indivíduo que pode vir a desenvolver manifestações clínicas como a meningite, quadros de otite média, dor de garganta e até pneumonia”, disse.

Segundo o infectologista, a meningite que mais preocupa os médicos é a doença meningocócica, que leva a um quadro mais agressivo do que o pneumococo.

Confira os detalhes no flash de Juliana Oliveira:


Mais Lidas