PRIMEIROS SOCORROS

Samu: queimadura com ácido deve ser lavada abundantemente com água


Segundo o Samu, em caso de queimadura com ácido, é preciso retirar tudo que estiver em contato com a pele e lavar o local com água em abundância

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 12/07/2019 às 17:23
TV Jornal
FOTO: TV Jornal
Leitura:

A jovem de 19 anos que foi atacada com ácido por dois homens, sendo um deles seu ex-companheiro, se recupera na UTI do Hospital da Restauração, no Bairro do Derby, na área central do Recife. O caso chocou a sociedade e Sergio Murilo, coordenador de Educação Permanente do Samu Recife, dá orientações sobre como proceder em casos de queimaduras provocadas por substâncias corrosivas.

“A substância corrosiva, quanto mais tempo ela estiver em contato com a pele, pior (...) Para a gente evitar isso a primeira coisa é tirar tudo que estiver exposto, tirar a roupa que estiver no local, anéis, tudo tem que ser retirado do contato com a pele. Na imensa maioria dos casos, deve ser lavado abundantemente com água. Uma água em pequena quantidade, em teoria, pode reagir com alguns ácidos”, disse, acrescentando que a água deve ser em baixa pressão, do chuveiro, por exemplo, e em temperatura ambiente.

Sergio Murilo ainda disse que em caso de ingestão, não é orientado tomar água em excesso para lavar, mas é preciso lavar a cavidade oral e aguardar o socorro do Samu. “Liga para 192 e no tempo que a ambulância estiver chegando já vai lavando aquilo ali”, alertou.

Confira os detalhes na entrevista completa:


Mais Lidas