Ex-ministro

Cristovam Buarque pede mais autonomia financeira nas universidades


O ex-ministro da Educação disse programa 'Future-se', lançado pelo governo federal, precisa ser analisado

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 22/07/2019 às 11:53
Felipe Ribeiro/ JC Imagem
FOTO: Felipe Ribeiro/ JC Imagem
Leitura:

A proposta apresentada pelo Ministério da Educação na última semana, que reestrutura o financiamento do ensino superior público, foi tema de debate na Rádio Jornal neste segunda-feira (22). O ex-senador e ex-ministro da educação, Cristovam Buarque, falou sobre o “Future-se” - programa que amplia a participação de verbas privadas no orçamento universitário.

Para Cristovam Buarque o “Future-se” ainda precisa ser analisado.

“Nós temos que perceber que a universidade tem três problemas: um é a educação de base. Nunca vamos ter um sistema universitário de qualidade enquanto os alunos chegarem despreparados. E enquanto milhões não terminam o ensino médio de qualidade. O outro é a meritocracia dentro dela. Nós estamos perdendo isso, com a ideia de isonomia, de todo mundo igual, esse é o problema. E o terceiro é o financiamento. Nós nos agarramos a ideia da chamada gratuidade, esquecendo que nada é gratuito. Alguém paga. A discussão é ‘quem vai pagar?’”, disse.

O ex-ministro da Educação diz que ainda não analisou o programa detalhadamente, mas citou pontos que considera que faltam na elaboração do projeto.

“A Universidade de Brasília, por exemplo, tem aluguel de apartamentos. Ela só pode usar isso até um certo ponto do orçamento. Tem um estacionamento imenso na Universidade de Brasília. Uma vez eu perguntei ao reitor ‘por que não cobra?’. Não venha me dizer que cobrar é quebrar a gratuidade. A pessoa está ocupando um espaço ali, com um carro, o dia inteiro. E ele disse que se cobrar o dinheiro não entra na universidade, vai para o Tesouro. Tem que dar autonomia. Hoje, de certa forma, as universidades estão impedidas de receber dinheiro.”

Confira a entrevista com Cristovam Buarque na íntegra abaixo:


Mais Lidas