SAÚDE

Estudo revela aumento de câncer de tireoide em pessoas abaixo dos 50


Segundo especialista, o câncer de tireoide é extremamente silencioso

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 23/07/2019 às 16:11
Reprodução/Internet
FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

Um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca) mostrou que nos últimos 10 anos houve um aumento nos casos de câncer de tireoide em pacientes com idade abaixo dos 50 anos. A pesquisa revelou também que houve um aumento na procura por exames de prevenção.

O câncer de tireoide é extremamente silencioso, como explica a presidente da Sociedade Pernambucana de Cirurgias de Cabeça e Pescoço, Luciana Arcoverde. “Quando dá sintomas, geralmente são casos avançados. A ultrassonografia é o exame de rastreamento ideal”, disse.

Leia também

Bailarina usa a arte para lidar com tratamento de câncer de mama e homenagear a mãe

Câncer de cérebro está entre os dez tipos de câncer que mais mata no mundo

Pernambucanas fazem vaquinha online para finalizar documentário sobre câncer

Segundo a médica, a ultrassonografia é o exame que vai detectar o nódulo e se existe algum linfonodo, que seria a metástase de um câncer de tireoide. “Através da ultrassonografia também é feita a punção, que vai fazer o diagnóstico do câncer e mostrar se o nódulo é maligno ou benigno”, detalhou.

O tratamento, em 90% dos casos, resulta na cura do paciente. Mas é preciso que a doença seja descoberta no estágio inicial. Realizar os exames periodicamente é importante.


Mais Lidas