Chuvas na RMR: Balanço de Notícias faz resumo da situação e APAC dá previsão do tempo

Chuvas fortes que atingem a Região Metropolitana do Recife desde a noite desta terça-feira (24) deixou mortos e destruição

CLIMA
Chuvas na RMR: Balanço de Notícias faz resumo da situação e APAC dá previsão do tempo

Trabalhos ainda continuam em Abreu e Lima - Foto: Brenda Alcântara/ JC Imagem

O programa Balanço de Notícias fez um balanço dos estragos causados pelas chuvas fortes que atingem a Região Metropolitana do Recife nesta quarta-feira (24). Até o momento, 11 pessoas morreram e uma pessoa está sendo.   

Depois de vários dias seguidos com chuvas intensas pelo Grande Recife e na Zona da Mata do Estado, a Agência de Águas e Clima de Pernambuco (Apac) antecipa a previsão meteorológica para esta quinta-feira (25).

O meteorologista Fabiano Prestrelo aponta que a chuva deve dar uma aliviada nesta quinta-feira (25). “Nós percebemos que houve uma diminuição significativa nesse sistema que provocou as chuvas. Então, a previsão para essa noite é de chuva fraca em toda a Região Metropolitana podendo chegar no Agreste. Amanhã a gente já vai perceber um dia bem mais tranquilo, bem melhor, com predomínio de sol. Pode ocorrer uma chuva durante essa madrugada e início da manhã”, disse, sem descartar as chuvas até o fim de semana.  

Mortes e buscas por grávida em Abreu e Lima

Em Abreu e Lima, o major do Corpo de Bombeiros, Kleber Dallas, falou sobre as ações realizadas para localizar uma das vítimas, identificada como Maria Eduarda, que está grávida. “Ela estava próxima à mãe dela, que foi socorrida com vida, mas infelizmente outras cinco vítimas não tiveram o mesmo desfecho de sair com vida”, disse. “Das cinco vítimas, quatro foram localizadas e devidamente encaminhadas ao IML e os trabalhos estão sendo concentrados na busca por Maria Eduarda”, completou.

Segundo ele, foram seis vítimas no local, um foi retirada com vítima, quatro com morte e uma sexta, que é a grávida, está sendo procurada. “Não quero trata-la como óbito porque há histórico de encontrar bolsões [de ar]. Não costumo frustrar a esperança de ninguém. A gente considera como vítima, não quem como determinar se está com vida ou não”, comentou.

Todo o perímetro da área foi isolado pois pequenos deslizamentos ainda estão acontecendo. “É preciso compreender que é um trabalho com múltiplas vertentes de ações e a gente está tentando coordenar todas elas”, falou.

As vítimas: 

  • Mariana, 19 anos
  • Luiz Henrique, 15 anos
  • Silvano, 53 anos
  • Adalmir, 50 anos
  • Maria Eduarda, as buscas ainda estão sendo realizadas.
  • Ariana, 39 anos, foi socorrida com vida 

Olinda embaixo d'água 

Chuvas fizeram canal transbordar
Chuvas fizeram canal transbordar
Reprodução/TV Jornal

E a população olindense ficou ilhada por causa do transbordamento do Canal do Fragoso. Bruno Lisboa, presidente da Companhia de Habitação de Pernambuco (Cehab). Não é a primeira vez que o canal transborda e causa prejuízos ao povo de Olinda e quem circulam pela área. Houve uma grande inundação em 2016 e, novamente, problemas em junho deste ano.

Confira o balanço:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.