MOVIMENTO CULTURAL

Entenda a importância do Nordeste para a colonização do Brasil

O historiador Lula Couto foi o entrevistado na coluna tudo é história

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 25/07/2019 às 21:11
Reprodução/Pixabay
FOTO: Reprodução/Pixabay

O Nordeste brasileiro representa a primeira zona de povoamento criada pelos conquistadores portugueses, que iniciaram a colonização a partir do litoral nordestino, que favorecia a ocupação em razão da presença de melhores condições naturais, como uma porção litorânea vastamente recortada, ideal para a navegação de cabotagem, e o relevo plano próximo ao mar.

O cultivo da cana-de-açúcar, (que obteve seu auge entre o final do século XVI e meados do século XVII), baseado no sistema colônia-metrópole, estruturou o comércio e o desenvolvimento das cidades nordestinas, principalmente na faixa litorânea, atualmente conhecida como zona da mata.

A pecuária extensiva foi responsável, ainda durante o século XVII, pelo início da interiorização da ocupação no nordeste. A partir do século XIX, o Nordeste passou a assumir um papel de dispersor de população. Historicamente, a região possui alto índice de emigrações, em função da carência de infraestrutura e de projetos de desenvolvimento que incluam as camadas mais populares, situação agravada pelas secas sazonais e a grande concentração fundiária.

Para falar sobre a importância do nordeste para a colonização do brasil, com Lula Couto foi o entrevistado na coluna tudo é história.

Confira: