Preso último suspeito da morte de veterinária em Igarassu

Natália Regina de Andrade, de 34 anos, foi encontrada morta pela polícia dentro de um carro na Zona Rural

PRISãO
Preso último suspeito da morte de veterinária em Igarassu

A veterinária Natália Regina de Andrade de 34 anos morreu no local. - Foto: Reprodução/TV Jornal

A Polícia Militar prendeu, na madrugada deste sábado (03), o terceiro e último envolvido na morte da veterinária Natália Regina de Andrade, de 34 anos, encontrada morta no banco do motorista de um carro em uma estrada de barro do Engenho Monjope, na Zona Rural de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a PM, o suspeito que o homem estava escondido no município de Araçoiaba, e após ser localizado, foi conduzido para a Delegacia de Plantão de Paulista.

Outros suspeitos

Os demais suspeitos de envolvimento no assassinato já haviam sido presos pela Polícia Militar. Fabrício Alves Gomes Ferreira, conhecido por Galego e Welligton da Silva Chaves, ambos de 19 anos, foram encontrados na cidade de Lagoa do Carro. A polícia informou que chegou até a dupla com informações repassadas por um outro presidiário, que disse ser dono da arma de onde teria partido o tiro que matou a veterinária.

Relembre o caso

Pai da vítima

O pai de Natália, Roberto Magalhães, concedeu entrevista à TV Jornal, durante o velório, na última quarta-feira (31), no Cemitério Parque das Flores, na Zona Oeste do Recife, e emocionado lembrou da filha. O clima de tristeza era o mesmo entre amigos e demais familiares.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.