Avô de menino morto pelos pais diz que sua filha tentou esconder crime

O menino de apenas 4 anos desapareceu na sexta-feira (2) e seu corpo foi encontrado no sábado (3); os pais foram presos após a mulher confessar o crime

ARCOVERDE
Avô de menino morto pelos pais diz que sua filha tentou esconder crime

Corpo do menino foi encontrado em um matagal, próximo de onde ele morava - Foto: Reprodução/TV Jornal Interior

Foi liberado no fim da manhã desta segunda-feira (5) do Instituto de Medicina Lega (IML) o corpo do menino de 4 anos encontrado em um matagal na cidade de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, no último sábado (3). O pai e a mãe da criança foram presos suspeitos de envolvimento no crime. 

Sebastião Pereira, avô da criança, acusou o casal do crime. Segundo o pai da mulher, ela chegou a fazer buscas pelo garoto mesmo após o crime para esconder o assassinato.

A criança desapareceu na última sexta-feira (2) no bairro onde morava. Os vizinhos organizaram um grupo de buscas para tentar localizá-lo. Em seguida, acionaram a polícia e falaram sobre a suspeita de que os pais teriam sido os autores do crime, já que a criança era vítima de maus-tratos. 

O corpo de José Wellington Alexandre de Lima apresentava marcas de agressão e lesões na cabeça provocadas por espancamento.

Ouça os detalhes na reportagem de Camila Brandão:

"Pra mim, ela era uma boa mãe"

O avô conta que não esperava que os pais fizessem isso com o próprio filho. “Ela mesmo acusou-se, disse que estava bêbada, ela e ele. Pra mim, ela era uma boa mãe, mas me enganei”, disse.

José Evandro de Lima, 35 anos, e Andréia Alexandre da Silva, 34. foram presos depois que a mulher confessou o crime. Peritos do Instituto de Criminalística identificaram várias manchas de sangue pela casa. O enterro da criança será no cemitério São Cristóvão, em Arcoverde.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.