play_circle_outline
Super Manhã / Passando a limpo

Geraldo Freire

access_time

03:20

Consultório do Rádio Livre

Anne Barretto

access_time

04:00

Nossa Saudade

Tony Araújo

play_circle_outline
Super Manhã / Passando a limpo

Geraldo Freire

access_time

03:20

Consultório do Rádio Livre

Anne Barretto

access_time

04:00

Nossa Saudade

Tony Araújo

search close
JOGADOR

Justiça determina arquivamento de processo contra Neymar

As acusações de estupro e agressão contra Neymar foram feitas pela modelo Najila de Souza

Da Agência Brasil
O jogador Neymar deixa a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro, após depoimento
O jogador Neymar após prestar depoimento na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro
Fernando Frazão/Agência Brasil

A Vara de Violência Doméstica da Justiça de São Paulo aceitou o pedido do Ministério Público (MP) paulista e arquivou o processo sobre as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo Najila de Souza contra o jogador de futebol Neymar Júnior. Nesta quinta-feira (8), o MP pediu o arquivamento, por falta de provas, do inquérito sobre o caso

“Decidimos pelo arquivamento do processo por não haver provas suficientes do que foi alegado pela vítima protegida. É importante deixar claro que o arquivamento do inquérito policial não implica absolvição do acusado. Isso porque, com o arquivamento por falta de provas, o inquérito policial pode ser reaberto a qualquer momento, desde que surjam novas provas”, disse ontem a promotora de Justiça Flávia Merlini, da área de Enfrentamento de Violência Doméstica.

No último dia 29, a delegada Juliana Lopes Bussacos, titular da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, também encerrou as investigações sobre as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo.

Relembre o caso

A modelo Najila Trindade Mendes de Souza registrou o boletim de ocorrência por agressão e estupro contra Neymar em São Paulo, onde o caso foi investigado em sigilo. Em entrevista ao SBT, ela confirmou o estupro, afirmou que foi a Paris a convite do jogador, que pagou as passagens e a estada, mas que no primeiro encontro ele se mostrou agressivo.

O atleta nega. Ele divulgou um vídeo em sua conta no Instagram no qual aparecem conversas e fotos da mulher, o que levou a Polícia Civil do Rio de Janeiro a abrir uma nova investigação pela divulgação das imagens. O vídeo foi apagado pelo jogador. Entretanto, em sua conta do Twitter, o jogador disse estar sendo obrigado a expor sua vida e de sua família "por motivo de extorsão". 


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.