Alerta

Corpo de Bombeiros dá dicas para evitar incêndio em veículos

As causas mais comuns dos incêndios em veículos são alterações na parte elétrica

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 15/08/2019 às 13:41
Bobby Fabisak/ JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/ JC Imagem

Após quatro veículos pegaram fogo neste mês na Região Metropolitana do Recife, o Corpo de Bombeiros faz o alerta para os motoristas e dá algumas dicas para evitar incêndios dessa natureza. Na tarde desta quarta-feira (14), na Avenida Conde da Boa Vista, área Central do Recife, um ônibus pegou fogo e gerou preocupação em quem passava pela via. A estação de BRT Gervásio Pires II também foi atingida pelas chamas que começaram no ônibus. A parada está desativada. No início do mês, mais três carros pegaram fogo.

Para o major do Corpo de Bombeiros de Pernambuco, Anderson Barros, é necessário tentar identificar o problema o mais rápido possível. “O mais importante é, ao constatar alguma alteração, parar o mais rápido possível e verificar o que está acontecendo. Não deixar que um aquecimento da fiação ou um aquecimento de combustível no motor, passe a um princípio de incêndio”, disse.

O major lembrou ainda que enquanto não houver chamas, calor ou sinal de incêndio, é possível constatar algum problema. “Se ele verificar as chamas, é importante avaliar se dá para usar o extintor. Se não, é importante salvaguardar sua vida, se afastando do veículo e chamar o mais rápido possível as equipes do corpo de bombeiros, através do nosso número de emergência, o 193”, completou.

Anderson Barros também alerta a população para evitar possíveis riscos à vida. “Um alerta que dou é para que as pessoas não fiquem no carro tentando salvar objetos, como celular e carteira, pois nesse momento a pessoa se arrisca, podendo se queimar ou sofrer um acidente sério com uma explosão do veículo”, concluiu.