"A cirurgia foi um sucesso", diz boletim médico sobre vítima do kart

Segundo a assessoria do hospital, a cirurgia de Débora teve participação de sete médicos e durou dez horas

CIRURGIA

Após o procedimento cirúrgico, a equipe médica irá acompanhar a reação da vítima para decidir o próximos procedimentos. - Foto: Douglas Intrabartolo

A cirurgia da jovem Débora Esthefany, de 19 anos, vítima de acidente em kart, que foi realizada neste sábado (24), para a reconstrução da área, no interior de Ribeirão Preto, em São Paulo, foi um sucesso.

De acordo com as informações da assessoria do Hospital Especializado de Ribeirão Preto, a vítima foi submetida a um retalho micro cirúrgico para cobertura da calota craniana. Ainda segundo o hospital, o procedimento cirúrgico contou com sete médicos e durou dez horas.

Após o término, a paciente foi encaminhada para o Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI), onde se encontra sedada e deve permanecer em até 48h.  A assessoria ainda informa que a equipe médica irá acompanhar a reação da vítima para decidir o próximos procedimentos.

Técnicas

Para cobrir a região do crânio, que está exposta, os médicos utilizaram um pedaço de musculatura da jovem. O tecido para o revestimento foi o do músculo grande dorsal, localizado nas costas. As astérias toracodorsal, subescapular e axilar garantirão a sobrevivência do músculo após o procedimento. Já o pedaço que será transplantado para cabeça será ligado à artéria e veia facial, através de suturas microcirúgicas, com auxílio de microscópio..

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.