Médico diz que nova cirurgia de Bolsonaro é bem mais simples

O presidente vai passar por uma nova cirurgia no próximo domingo (8) para corrigir uma hérnia incisional

CIRURGIA
Médico diz que nova cirurgia de Bolsonaro é bem mais simples

Presidente Jair Bolsonaro - Foto: Alan Santos/PR

Em entrevista ao Passando a Limpo da Rádio Jornal nesta quarta-feira (4), o médico cirurgião Joaquim Branco comentou a nova cirurgia que o presidente Jair Bolsonaro vai realizar no próximo domingo (8). Segundo o especialista, este procedimento é o menos complicado se for comparado aos outros três que Bolsonaro precisou realizar desde que tomou uma facada durante a campanha presidencial, no ano passado.

"Anteriormente, costuraram o intestino e ele ficou defecando pela barriga. Quando fechou a colostomia e colocou o intestino para dentro, essas incisões abdominais que foram feitas nele formou a hérnia incisional, que precisa ser operada. Normalmente se coloca uma tela para fixar melhor a parede abdominal. É uma cirurgia de médio porte, já que não vai abrir a cavidade abdominal. Vai apenas fechar a parede abdominal. A cirurgia é muito mais tranquilo do que as outras duas que o presidente fez", garantiu.

De acordo com Joaquim, apesar da facada e das múltiplas cirurgias, é bem provável que o presidente não fique com sequelas.

"As consequências que a facada deixou já foram corrigidas. Foi feita a colostomia, para que as fezes não caíssem dentro da barriga, e depois foi feito o fechamento desta colostomia. Tudo foi aconteceu normalizando dentro do abdômen, dentro da barriga, mas a parede abdominal vai ser reconstruída agora", disse.

Confira a entrevista com o médico cirurgião Joaquim Branco: 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.