Família confirma que corpo carbonizado era de menina desaparecida em Caruaru

A menina sumiu no dia 14 de junho em Caruaru e o corpo carbonizado foi encontrado no dia 21 de julho, mas só agora o resultado do exame de DNA saiu

HOMICÍDIO
Família confirma que corpo carbonizado era de menina desaparecida em Caruaru

Joclecia da Silva, 12 anos, desapareceu no dia 14 de junho - Foto: Arquivo pessoal

Os familiares da adolescente Joclécia da Silva, de 12 anos, que desapareceu no dia 14 de junho, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, confirmaram um corpo encontrado carbonizado em 21 de julho é o da menina. O resultado do exame para identificar o corpo saiu nesta segunda-feira (9).

Segundo familiares, no dia em que desapareceu, Joclécia havia comprado um biscoito em um mercado perto de casa, no bairro Severino Afonso, lanchou, tomou banho e saiu novamente, mas desta vez não voltou para casa.

O delegado Bruno Machado vai iniciar uma nova fase das investigações. Segundo ele, no momento que o corpo foi encontrado foi possível coletar materiais do pé da vítima para poder fazer a identificação. “A gente ficou no aguardo do resultado do DNA que foi solicitado aqui pela delegacia (...) A partir de então a gente trata o crime como homicídio e vai começar a dar início às diligências no intuito de saber a motivação e a autoria [do assassinato]”, disse.

Outras informações no flash de Berg Santos:

Corpo encontrado

Um corpo foi encontrado por moradores no dia 21 de julho no bairro Severino Afonso. Na época, a Polícia Civil já suspeitava de que poderia ser da adolescente. Quando os policiais chegaram ao local, ele ainda estava em chamas.

Quem souber qualquer informação sobre o assassinato da adolescente pode ligar no Disque Denúncia Agreste no número 3719.4545. O anonimato é garantido.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.