VIOLÊNCIA

Presos suspeitos de envolvimento na morte de vigilante em Escada


Amaro Lopes, de 53 anos, era vigilante da Escola Técnica Estadual Luiz Dias Lins e estava trabalhando quando foi morto

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 27/09/2019 às 13:57
Cortesia
FOTO: Cortesia
Leitura:

A polícia prendeu um casal suspeito de envolvimento no assassinato de um vigilante na Escola Técnica Estadual Luiz Dias Lins, em Escada, na Zona da Mata Sul do Estado. Eles foram presos em uma comunidade às margens da BR-232 com um revólver calibre 38. A arma vai passar por perícia.

O vigilante Amaro Lopes Filho, de 53 anos, foi morto na terça-feira (24) dentro da Escola Técnica Estadual Luiz Dias Lins durante um assalto. A arma dele foi roubada.

Nesta quinta-feira (26), pais de alunos, funcionários e estudantes da escola fizeram um protesto para pedir mais segurança na unidade de ensino e por justiça pela morte vigilante.

Vigilante baleado no metrô

A polícia também localizou um dos suspeitos de atirar contra outro vigilante, desta vez, dentro da estação de metrô Engenho Velho, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. O adolescente de 16 anos foi apreendido em frente à casa dele, no bairro do Ibura, na Zona Sul do Recife.

Três homens entraram atirando na estação no fim da tarde da última quarta-feira para roubar a arma do vigilante. Ele chegou a ser atingido no pescoço, mas conseguiu correr. Em seguida, os homens fugiram.

Segundo a polícia, o adolescente apreendido aparece nas imagens do circuito de segurança usando uma camisa amarela. Os outros dois suspeitos já foram identificados e estão sendo procurados pela polícia.


Mais Lidas