Suspeito de matar bebê de oito meses é preso em Altinho

Homem teria problemas mentais e respondia pelo crime de estupro em 2014

CRIME BRUTAL
Suspeito de matar bebê de oito meses é preso em Altinho

A criança de 8 meses foi encontrada morta - Foto: Reprodução/TV Jornal

Será apresentado na manhã desta sexta-feira (27), em audiência de custódia, Erick Ramon Matias Ferreira, de 25 anos, suspeito de ter assassinado a própria sobrinha, Agatha Lorena Marques de Jesus, de apenas oito meses. O crime aconteceu no Sítio Taquara, na zona rural da cidade de Altinho, no Agreste de Pernambuco.

Segundo informações de familiares, o suspeito chegou em casa na madrugada de quinta-feira (26) com o estado psíquico alterado, agressivo e quebrando objetos. Pegou a bebê e se trancou no banheiro da casa onde morava. 

Pela manhã, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e o Samu foram acionados para liberação da menina mas, ao entrar na casa, a bebê já estava morta. O suspeito Erick Ramon conversou com a reportagem da TV Jornal e negou que tenha matado a criança.

“Simplesmente não fiz nada com essa criança, simplesmente nada. Eu só pedi para examinar a criança, que eu não toquei nela, eu não estuprei. Minha mãe achou esse rapaz que faz garrafada, que é esses banhos de erva. Só que era para tomar. Quando ela abriu, saiu fumaça. Eu até desconfiei, mas de tanto insistir eu tomei. Só que eu também faço uso de Diazepam, de remédio de uso controlado. Ee eu não lembro de nada. Mas eu juro pelo amor de Deus eu não fiz nada com essa criança não.”

O corpo foi liberado na noite desta quinta-feira pelo IML Caruaru. O velório acontece na casa dos familiares, na zona rural de Altinho. A irmã do suspeito, Fernanda Matias, diz que o homem possui problemas mentais.

“Já vai fazer cinco anos que ele toma remédio controlado. Sempre quando falta o medicamento dele, quando a gente não tem no posto, porque sempre é de três a quatro tipos, um pouco caro, e a gente não tem dinheiro sempre. Foi o que aconteceu: faltou há três dias aqui, ele não tá tomando nenhum dos medicamentos dele e foi que ele surtou.”

O delegado Eduardo Sunaga já iniciou as investigações.

“É realmente uma tragédia que aconteceu com essa criança. Preliminarmente recebemos esse procedimento, que já veio do delegado Vitor Marinho, lá de Altinho, que resolveu encaminhar para cá, até por uma questão de segurança que poderia haver uma comoção lá na cidade de Altinho e pôr em risco a vida do autuado. Mas, pelas informações preliminares que nós temos, realmente ele é o autor desse crime brutal”, afirmou.

O homem é suspeito de ter cometido um estupro no ano de 2014 em Caruaru e estava respondendo ao processo em liberdade.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.