PASSAGENS

Primeiro dia útil após aumento das passagens do metrô gera reclamações

A CBTU está implementando um reajuste progressivo no valor das passagens do metrô

Publicado em 04/11/2019 às 10:04
Reprodução/Rádio Jornal
FOTO: Reprodução/Rádio Jornal
Leitura:

No primeiro dia útil com a nova tarifa do metrô, nesta segunda-feira (4), os passageiros demonstraram insatisfação em relação ao reajuste e à qualidade do serviço. A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) está implementando um reajuste progressivo no valor das passagens do metrô. A tarifa subiu de R$3 para R$3,40 e começou a valer no domingo (3). Apesar das informações divulgadas nas últimas semanas, muitos passageiros foram pegos de surpresa.

Uma passageira, que preferiu não se identificar, reclamou do aumento. "É abusivo (o aumento). O salário não dá e esses R$3,40 não é revertido em conforto no metrô para os passageiros. São vagões muito cheios que às vezes a gente nem consegue pegar o metrô. Simplesmente não tem conforto", disse.

Esse é o quarto aumento planejado pela CBTU. O próximo acontecerá em janeiro, quando a passagem vai chegar a R$3,70. O sexto e último aumento acontecerá em março, quando a passagem vai custar R$4. Em nota, a CBTU Recife informou que os valores arrecadados com a tarifa paga pelos usuários são depositados diretamente na conta única da união; desse modo, o aumento na tarifa é fundamental para pleitear novos recursos.

Ouça a reportagem de Isa Maria:

Mais Lidas