TRF-4 anula sentença de juíza Gabriela Hardt alegando 'copia e cola'

A decisão entendeu que a juíza Gabriela Hardt copiou integralmente os argumentos do ex-juiz Sergio Moro utilizado no caso do Triplex

DECISãO
TRF-4 anula sentença de juíza Gabriela Hardt alegando 'copia e cola'

Juíza Gabriela Hardt assume após saída de Sergio Moro - Foto: Divulgação

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) anulou, nesta quinta-feira (14), uma decisão da juíza Gabriela Hardt, que substituiu temporariamente o ex-juiz Sergio Moro nas ações referentes à Lava Jato em Curitiba, alegando que a magistrada “copiou e colou” sua sentença. O argumento é similar ao utilizado pela defesa de Luiz Inácio Lula da Silva, que questionou a juíza pela sentença referente ao sítio de Atibaia.

Lula foi condenado a 12 anos e 11 meses pela juíza em uma decisão em fevereiro deste ano. Os advogados do ex-presidente também afirmaram que houve cópia por parte da magistrada. No caso desta quinta, o desembargador Leandro Paulsen escreveu que: "reproduzir como seus argumentos de terceiros, copiando peça processual sem indicação da fonte, não é admissível". Os magistrados João Pedro Gebran Neto e Carlos Eduardo Thompson Flores também votaram pela nulidade da sentença.

Em maio, a juíza admitiu em entrevista a jornalistas, antes de palestrar em um evento, que utilizou como modelo a decisão do ex-juiz Sergio Moro sobre o caso do triplex. A juíza afirmou que faz isso sempre e que seria um retrabalho começar a redigir a sentença do zero.

Ouça o flash de Victor Tavares:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.