PRECONCEITO

Em prova, Colégio Adventista questiona "como evitar o homossexualismo" e gera revolta


A prova do Colégio Adventista foi aplicada para estudantes do 9º ano do ensino fundamental

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 19/11/2019 às 15:16
Reprodução/ Twitter
FOTO: Reprodução/ Twitter
Leitura:

As questões de uma prova de língua portuguesa do Colégio Adventista de Correios, em Belém (PA), sobre a homossexualidade geraram revolta nas redes sociais. Em uma delas, os estudantes precisavam responder sobre “como evitar o homossexualismo” [sic].

A prova com 50 questões foi aplicada para estudante do 9º ano do ensino fundamental e a denúncia foi postada no Instagram do maquiador Herisson Lopes, irmão de uma aluna. O assunto ganhou repercussão no Twitter, após um perfil publicar prints dos stories do jovem.

As respostas da prova do Colégio Adventista deveriam ser respondidas com base no livro “De bem com você”, de Sueli Nunes Ferreira e Marcos Benedicto. A publicação afirma que é possível deixar de ser homossexual e que o ideal é encontrar ajuda de um terapeuta. Tanto o livro quanto a prova utilizam a expressão “homossexualismo”, termo que não é mais utilizado pois associa a orientação sexual a uma doença.

No Twitter, o assunto é um dos mais comentados desta terça-feira (19) e muita gente ficou revoltado com o conteúdo.

Em vídeos publicados em sua conta, Herisson disse que a irmã estava chocada com o conteúdo das perguntas. Ele pediu que as pessoas não ataquem o professor e a escola. Herisson disse que já entrou em contato com a escola e está buscando os mecanismos legais para resolver a situação.

  

Resposta

Por meio de nota, o Colégio Adventista de Correios justificou que as questões e a utilização do livro como material de apoio tiveram o objetivo de “colher as diversas opiniões e sentimentos sobre a temática em estudo e davam a cada estudante a oportunidade de expressar livremente sua opinião”.

A nota afirma ainda que a unidade de ensino é reconhecida por ter uma proposta educacional “pautada em valores baseados na Bíblia”.

Confira a nota completa:

O Colégio Adventista de Correios esclarece alguns aspectos relacionados a uma notícia sobre uma atividade escolar:

1. As questões contidas no questionário tinham como objetivo colher as diversas opiniões e sentimentos sobre a temática em estudo e davam a cada estudante a oportunidade de expressar livremente sua opinião. Um livro serviu como auxílio na tarefa, o que ocorre em várias disciplinas.

2. A tarefa que o professor elegeu levou em conta o conhecimento prévio do aluno. E, com isso, procura proporcionar um debate qualificado a respeito do assunto. A ideia é a de formar um cidadão que respeita opiniões diversas, bem como seja capaz de pensar por si próprio sobre as temáticas apresentadas.

3. O Colégio afirma que, acima de tudo, respeita todos os indivíduos sem qualquer tipo de discriminação sexual, racial, religiosa, ou de outra natureza.

4. O Colégio, que é uma instituição confessional, é reconhecido pela confiança e credibilidade que transmite, especialmente por apresentar uma proposta educacional de alta qualidade, pautada em valores baseados na Bíblia e direcionada a promover o desenvolvimento harmonioso das faculdades físicas, intelectuais, espirituais e sociais de cada aluno.

5. O Colégio está e sempre esteve à disposição para os que desejam esclarecer dúvidas a respeito de qualquer tipo de tarefa utilizada.

Assessoria de Imprensa do Colégio Adventista dos Correios


Mais Lidas