SAÚDE OCULAR

Fundação Altino Ventura reduzirá atendimento de emergências de baixa complexidade


Segundo o diretor médico da Fundação Altino Ventura, o objetivo é focar nos casos de maior complexidade

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 05/12/2019 às 16:46
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A Fundação Altino Ventura anunciou nesta quinta-feira (5) que vai deixar de atender casos de emergência de baixa complexidade, como conjuntivite. A partir de janeiro de 2010, eles passarão a ser atendidos nas UPAs do Ibura, Imbiribeira e Torrões. No entanto, os pacientes com casos mais graves, como risco de perda de visão, vão continuar sendo atendidos na emergência da Fundação Altino Ventura, no bairro da Boa Vista.

Segundo o diretor médico da FAV, Vasco Bravo Filho, o objetivo é diminuir o tempo de espera para as pessoas que precisam de atendimento oftalmológico de baixa ou média complexidade.

Foco nos casos mais graves

Vasco Bravo Filho explica que, com a medida, a Fundação Altino Ventura vai conseguir focar nos casos de alta e média complexidade. “Dos quase 450 pacientes diários atendidos, 300 são casos de baixa complexidade. Com essa mudança gradual, a tendência é que esses casos sejam atendidos nessas outras unidades. Com isso, a gente vai poder atender mais casos complexos que são aqueles com risco de perda de visão se não forem tratados no tempo hábil”, apontou.

O oftalmologista ainda aponta que a mudança vai reduzir o tempo de espera dos pacientes. “Sem falar na qualidade de atendimento que o paciente vai poder receber. Ele vai poder ser atendido em outros locais, que podem ser mais próximos de casa, num tempo de espera muito menor. Em algumas situações, a gente pode chegar a até 12 horas de espera aqui. Com isso, a gente vai trazer um benefício grande para a população”, detalhou.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que, além dos recursos mensais, já repassou R$ 7 milhões em passivos este ano a FAV para que a instituição regularize a situação.

A Fundação Altino Ventura é uma instituição filantrópica especializada em oftalmologia que oferece atendimento gratuito. O setor de Urgência e Emergência funciona 24 horas, e atende através do Sistema Único de Saúde.

Leia a nota de esclarecimento da SES na íntegra

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informa que tem mantido o fluxo de repasses à Fundação Altino Ventura (FAV) em 2019. Além da produção mensal, a SES tem se comprometido a efetuar o pagamento de passivos, já tendo repassado R$ 7 milhões apenas neste ano para regularizar a situação.

Atualmente, a Secretaria Estadual de Saúde trabalha em um plano de ação para ampliar e descentralizar a assistência oftalmológica no Estado. Além da oferta da especialidade em instituições conveniadas, como a FAV, nas consultas na Unidades Pernambucanas de Atenção Especializada (UPAEs) e a expectativa é que novos serviços sejam agregados à rede de oftalmologia ligada ao Estado.


Mais Lidas