ACIDENTES

PRF registra quedas em acidentes nas rodovias federais de Pernambuco no Natal


Em 2018, foram contabilizados 103 acidentes, com 52 feridos e sete mortes com um dia a menos de operação

Publicado em 26/12/2019 às 13:10
Divulgação/PRF
FOTO: Divulgação/PRF
Leitura:

A Operação Natal da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em 2019 registrou uma queda no número de acidentes e de mortes em comparação com a do ano passado. As ações tiveram início na sexta-feira (20) e seguiram até a quarta-feira (25). Segundo o órgão, ocorreram 90 acidentes, com 76 feridos e cinco mortes nas rodovias federais de Pernambuco. Em 2018, a operação teve um dia a menos e foram contabilizados 103 acidentes, com 52 feridos e sete mortes.

Mais de sete mil pessoas e 7.318 veículos foram abordados. A PRF emitiu 3.489 autuações. As principais infrações cometidas pelos motoristas foram ultrapassagem indevida (207), não uso do cinto de segurança (139) e não uso do capacete (99). Como a operação contou com o apoio de equipes da Lei Seca, foram realizados 2.398 testes com o bafômetro, que resultaram em 77 autuações. Seis condutores foram presos por dirigirem sob efeito de álcool.

Para evitar acidentes, os agentes recolheram 31 animais que estavam soltos às margens das rodovias. Ao todo, 27 pessoas foram detidas por diversos crimes, incluindo tráfico de drogas, roubo de veículos, falsificação de documento e porte ilegal de arma de fogo.

Operação Integrada Rodovida

A operação Natal da PRF faz parte da Operação Integrada Rodovida, que teve início na última sexta-feira (20) e segue até o dia 1º de março de 2020, contemplando as festas de fim de ano, as férias escolares e o Carnaval. A Rodovida tem o objetivo de reduzir a violência no trânsito através de ações conjuntas de fiscalização e prevenção. Além da OLS, fazem parte da Rodovida a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), o Detran-PE, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros.


Mais Lidas