Olinda inicia recadastramento do transporte escolar para 2020

Motoristas têm até o dia 31 de janeiro para realizar o ato

TRANSPORTE
Olinda inicia recadastramento do transporte escolar para 2020

Motorista devem comparecer ao local de recadastramento até o dia 31 de janeiro - Foto: Divulgação

Motoristas que possuem permissão para trabalhar com transporte escolar em Olinda, Região Metropolitana do Recife, tem até o dia 31 de janeiro para realizar o recadastramento anual. O atendimento está sendo feito na nova sede da Secretaria de Transporte e Trânsito, localizada na Avenida Dr. Joaquim Nabuco, 475, no Varadouro, das 8h às 12h.

O secretário de Transportes e Trânsito de Olinda, Jonas Ribeiro, reforça a importância de realizar o cadastro. “Hoje a necessidade do recadastramento para os condutores de transporte escolar é que a gente possa dar uma segurança maior aos pais que hoje necessitam de um transporte para levar seus filhos da residência para a escola. São vários documentos, tanto para o condutor dono do veículo, como o condutor auxiliar”, detalhou.

As aulas de captação para os condutores acontece entre os dias 29 e 30 de janeiro, no auditório da Prefeitura de Olinda, na Rua de São Bento, 123, no Varadouro. A taxa de recadastramento do condutor varia de R$ 15 a R$ 30 e o valor pago por automóvel registrado fica entre R$ 40 e R$ 80. Além da taxa, o motorista também deve apresentar uma série de documentos que podem ser conferidos abaixo.

A Secretaria de Transportes e Trânsito do município também vai oferecer um curso obrigatório de direção defensiva. O secretário Jonas Ribeiro detalha a dinâmica do curso. “No final quando ele faz a entrega, a gente realiza um curso que dura em média duas horas para oferecer as condições melhores e fazer com que os condutores estejam em dia com suas atividades. No dia que ele vem receber a documentação, a gente traz um instrutor do Detran ou do Setrans que possa dar condição a eles”, explicou.

Transporte irregular

Segundo o secretário de Transportes e Trânsito de Olinda, Jonas Ribeiro, os condutores que realizarem o transporte de alunos de forma irregular podem ser multados, ter o veículo apreendido e suspensão temporária ou cassação do credenciamento.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.