VIOLÊNCIA

Polícia busca suspeitos de assalto a ônibus que deixou sargento morto


O sargento da Polícia Militar reformado teria reagido a uma tentativa de assalto no Cabo de Santo Agostinho e foi baleado na cabeça

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 09/01/2020 às 13:46
Imagem: Artur Borba / TV Jornal
FOTO: Imagem: Artur Borba / TV Jornal
Leitura:

Um policial militar reformado foi morto com um tiro na cabeça ao reagir a um assalto a ônibus no Cabo de Santo Agostinho, Na Região Metropolitana Do Recife, na noite desta quarta-feira (8). Ele seguia para o trabalho quando, pelo menos, três suspeitos entraram no coletivo.

As imagens das câmeras de segurança do ônibus podem ajudar a polícia a localizar dois dos três criminosos envolvidos no assalto. O terceiro, um adolescente de 17 anos, foi baleado e apreendido pela polícia.

O sargento reformado Givanilton da Rocha Pessoa, de 59 anos, estava indo para o trabalho no ônibus que fazia a linha Cabo/Cohab quando, de acordo com a polícia, o veículo foi abordado por criminosos que anunciaram o assalto.

Além do adolescente de 17 anos que ficou ferido, outros dois homens participaram do crime. Ele foi autuado pelo ato infracional. Segundo o delegado Alaumo Lima, apesar da investida, o grupo não conseguiu roubar nada do ônibus.

Dinâmica do crime

O sargento reformado estava sentado próximo à porta de entrada quando reagiu ao assalto e foi atingido com um tiro na cabeça.

Segundo uma testemunha, que preferiu não se identificar, os criminosos estavam escondidos numa área de matagal e entrou no ônibus quando o motorista parou o veículo.

Depois de ser atendido na emergência do Hospital Dom Helder, no Cabo de Santo Agostinho, o sargento foi levado para o Hospital da Restauração, mas não resistiu.

O ônibus foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeio, na Zona Oeste do Recife, onde passou por perícia.


Mais Lidas