Moradores sofrem com falta d'água após deslizamento de barreira em Dois Unidos

O deslizamento da barreira deixou sete pessoas mortas, incluindo um bebê

TRAGÉDIA
Moradores sofrem com falta d'água após deslizamento de barreira em Dois Unidos

Imagens aérea do local do deslizamento de barreira em Dois Unidos - Foto: Tião Siqueira/TV Jornal

Quinze dias se passaram desde que uma barreira deslizou, atingiu duas casas e deixou sete mortos no Córrego do Morcego, no bairro de Dois Unidos, na Zona Norte do Recife. No cenário da tragédia, famílias ainda sofrem com a falta de água e de respostas sobre a causa do deslizamento.

Humberto Ramos mora numa casa próxima do local onde houve o incidente e revela que não tem visto equipes trabalhando no local. “Passaram a semana frequente ao ocorrido, só que depois disso vem sendo esquecido e é raro ter pessoas aqui”, disse.

O morador ainda reclama que a água fornecida por carro pipa só tem chegado à vizinhança uma vez por semana e que a quantidade não é suficiente para suprir as necessidades básicas. “A gente depende de água para tudo e sem água é impossível”, reclamou.

Causas da tragédia

Moradores da Região afirmam que o deslizamento da barreira foi causado por conta do vazamento de um cano.

Em nota, a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos informou que o laudo solicitado pelo governo ainda não foi concluído. O prazo era de 15 dias.

De acordo com a Polícia Civil, o laudo pelo Instituto de Criminalística, que vai nortear as investigações sobre a causa do deslizamento também está em curso. O prazo é de 30 dias.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.