Diretora de Democracia em Vertigem diz que extrema direita se espalha como uma epidemia

Petra Costa, diretora do documentário Democracia em Vertigem, fez um post em suas redes sociais comemorando a indicação ao Oscar 2020

OSCAR 2020
Diretora de Democracia em Vertigem diz que extrema direita se espalha como uma epidemia

Petra Costa é a diretora do documentário Democracia em Vertigem - Foto: Reprodução/ Twitter

Com informações da Agência Brasil

O filme brasileiro Democracia em Vertigem está na lista de indicados ao Oscar 2020 na categoria melhor documentário. Dirigido pela mineira Petra Costa, a produção aborda o impeachment da então presidente da República, Dilma Rousseff, e o quadro político no Brasil. Nas redes sociais, a diretora agradeceu pela indicação e afirmou estar extasiada.

Petra Costa também usou a publicação para criticar o atual cenário político. "Numa época em que a extrema direita está se espalhando como uma epidemia, esperamos que esse filme possa nos ajudar a entender como é crucial proteger nossas democracias", disse. 

O documentário Democracia em Vertigem foi lançado em 19 de junho de 2019 pela Netflix. 

Confira: 

Ver essa foto no Instagram

Estamos absolutamente emocionados e extasiados por nossos colegas terem reconhecido a urgência deste filme, e honrados por estarmos na companhia de documentários tão importantes. Numa época em que a extrema direita está se espalhando como uma epidemia, esperamos que esse filme possa nos ajudar a entender como é crucial proteger nossas democracias. Está se tornando cada vez mais evidente o quanto o pessoal é político para tantos ao redor do mundo, e acredito que é por meio de histórias, linguagem e documentários que as civilizações começam a se curar. Gracias a todos que nos ajudaram, a cada passo, a construir essa história. ****************** We are absolutely thrilled and delighted that our colleagues have recognized the urgency of this film and humbled to be in the company of such important storytelling. In a time where the far right is spreading like an epidemic we hope this film can help us all understand how crucial it is to protect our democracies. We are at a time where the personal has become utterly political for so many around the world and I believe it is through stories, language and documentaries that civilizations begin to heal. Thank you, from the bottom of my heart, to all who believed in this story and helped us through every step to bring it to life.

Uma publicação compartilhada por Petra Costa (@petracostal) em

Premiação 

O anúncio dos indicados ao Oscar deste ano foi feito na manhã desta segunda-feira (13) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

O documentário brasileiro disputa o prêmio com American Factory (USA), de Julia Reichert e Steven Bognar; The Cave (USA), de Bruce Hunt; For Sama (USA), de Waad Al-Kateab e Edward Watts; e Honeyland (Macedônia), de Tamara Kotevska e Ljubo Stefanov.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.