Polícia investiga caso de adolescente que atirou na cabeça do pai

O próprio adolescente de 14 anos acionou a Polícia Militar após o ocorrido

OLINDA
Polícia investiga caso de adolescente que atirou na cabeça do pai

A vítima está internada no Hospital da Restauração - Foto: Diego Nigro/JC Imagem

 

Um adolescente de 14 anos é o principal suspeito de ter atirado no próprio pai, no bairro de Rio Doce, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife. Ele foi levado para a unidade de atendimento e internação da Funase.  O nome da vítima não será divulgado para preservar a privacidade da família. 

O adolescente estaria enfrentando um quadro depressivo. Ele teria atirado no pai após tentar se matar e ser impedido pelo pai. 

O pai do adolescente é um funcionário público do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) de 72 anos. Ele foi atingido na cabeça e está internado em estado grave no Hospital da Restauração, na área central da capital pernambucana.

O delegado Silvio Romero, responsável pela ocorrência, fala que foi o próprio adolescente que acionou a Polícia Militar.  Ele ligou para familiares antes de acionar a PM, mas não conseguiu falar com ninguém.

Segundo o delegado, o adolescente estaria enfrentando um quadro de depressão e teria sido impedido pelo pai de tirar a própria vida. “Ele tinha uma pessoa que gostava muito dela, uma menina, estava se relacionando através da internet, estava muito triste e tentou pedir ajuda a essa menina para que ele ficasse menos depressivo. Mas a menina se negou, parece que cortou o relacionamento com ele e achou que sua vida não tinha mais utilidade. Ele sabia onde a arma era guardada, foi lá e foi surpreendido, segundo constam os autos, pelo pai, chegou a apontar a arma para o pai”, detalhou.   

A arma usada no crime foi encontrada e encaminhada para o Instituto de Criminalística.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.