Papiloscopista e mais duas pessoas são presos suspeitos de matar vigilante em Paulista

O vigilante Ubiraci de Carvalho foi morto com vários tiros na cabeça no dia 21 de fevereiro de 2019

INVESTIGAÇÃO
Papiloscopista e mais duas pessoas são presos suspeitos de matar vigilante em Paulista

O vigilante Ubiraci de Carvalho, de 40 anos, foi morto com vários tiros na cabeça no dia 21 de fevereiro de 2019 - Foto: Reprodução/TV Jornal

Uma operação da Polícia Civil prendeu temporariamente, nesta quinta-feira (16) duas pessoas suspeitas de assassinar um vigilante no bairro do Janga, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, em fevereiro de 2019. Em dezembro de 2019, a polícia já havia prendido um terceiro suspeito. Os presos são um papiloscopista, a esposa dele e um guarda municipal do Recife, esses últimos presos nesta quinta.

O vigilante Ubiraci de Carvalho, de 40 anos, foi morto com vários tiros na cabeça no dia 21 de fevereiro de 2019. Ele seria ex-namorado da esposa do papiloscopista. No entanto, a polícia não revelou a motivação para o crime. 

O vigilante foi m
O vigilante Ubiraci de Carvalho, 40, foi morto com vários tiros na cabeça no dia 21 de fevereiro de 2019
Reprodução/TV Jornal

De acordo com o delegado Diego Jardim, durante o trabalho feito pela polícia, foi descoberta a participação de um papiloscopista no homicídio. Ele foi preso em dezembro e com a continuidade das investigações a Polícia Civil chegou aos outros dois suspeitos. 

Envolvimento em outros casos

Segundo o delegado, o perito e o guarda municipal estariam envolvidos em outros casos de homicídio. “As investigações continuaram e esse aí [o papiloscopista] sendo preso em flagrante por outro homicídio já é um indício a mais, mas já temos outros indícios da participação dele junto com essas outras pessoas que foram presas”, disse.

Além das prisões, a polícia também apreendeu, nesta quinta-feira (16), munições, uma pistola e vários celulares. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.