Jovem é morta com mais de 50 facadas em Jaboatão

Ao lado do corpo da jovem de 18 anos foram encontradas uma mochila e uma camisa masculina

VIOLÊNCIA CONTRA
Jovem é morta com mais de 50 facadas em Jaboatão

Ao lado do corpo de Leia foram encontradas uma mochila e uma camisa masculina - Foto: Reprodução/ TV Jornal

Uma jovem foi assassinada com mais de 50 facadas em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. O corpo de Leia Heloísa Martins Silva de Andrade, de 18 anos, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife, e passou por necropsia.

A jovem foi encontrada morta em um terreno baldio no bairro de Candeias e ao lado do seu corpo a polícia encontrou uma mochila e uma camisa masculina sujas de sangue. O material foi levado para ser periciado no laboratório do Instituto de Criminalística.

Ainda não há uma linha de investigação. 

Mulher baleada

Um outro caso de violência contra mulher aconteceu em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. A vítima tem 30 anos e foi baleada na frente do filho.

Segundo a polícia, a mulher estava conversando com amigos e quando entrou em casa dois homens a seguiram.

A vítima, que não teve a identidade revelada, foi atingida por vários disparos e quatro tiros atingiram o tórax dela.

A mulher baleada passou por cirurgia e está internada na sala de recuperação do Hospital da Restauração. O estado de saúde dela é considerado estável.

Os dois casos já estão sendo investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

#UmaPorUma

A violência contra a mulher é constante e frequentemente acaba em tragédia. Existe uma história para contar por trás de cada feminicídio, em Pernambuco. O especial Uma por Uma contou todas. Em 2018, o projeto mapeou  onde as mataram, as motivações do crime, acompanharam a investigação e cobraram a punição dos culpados. Um banco de dados virtual, com os perfis de vítimas e agressores, além dos trágicos relatos que extrapolam a fotografia da cena do crime. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.