Polícia Civil investiga morte de bebê de cinco meses em Petrolina

O bebê morreu na última segunda-feira (27) em um hotelzinho e a suspeita do óbito é engasgamento

INVESTIGAÇÃO
Polícia Civil investiga morte de bebê de cinco meses em Petrolina

O corpo do bebê foi recolhido pelo Instituto de Medicina Legal (IML) - Foto: JC Online

A Polícia Civil de Pernambuco está investigando a morte de um bebê de cinco meses em um hotelzinho, no bairro do Cocar, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O óbito aconteceu na última segunda-feira (27), mas a causa da morte segue sem definição. Segundo o delegado responsável pelo caso, Daniel Moreira, a suspeita é que o bebê morreu asfixiado após ingerir algum alimento.

"Fomos informados sobre um bebê que havia falecido nesse hotelzinho e que o médico do Samu não estava conseguindo atestar a causa da morte da criança. Por isso, achou por bem acionar o Instituto de Medicina Legal (IML). Com isso, nós fizemos o acompanhamento junto ao IML e o Instituto de Criminalística para ser removido o corpo dessa bebê e ser feita a necropsia. A informação preliminar é que a causa da morte realmente teria sido por asfixia por algum alimento que a criança ingeriu e causou o engasgamento”, explicou.

Ainda de acordo com o delegado, os familiares e funcionários do hotelzinho serão intimados para prestar depoimento. “Instauramos o inquérito para ver qual foi a circunstância desse engasgamento e o atendimento preliminar que o bebê recebeu no hotelzinho. A gente ainda não ouviu os familiares, nem os funcionários do hotelzinho. Vamos intimar ambos para colher os maiores detalhes de como se deu essa morte", avaliou o delegado Daniel Moreira.

Ouça o flash de Marco Aurélio, da Rádio Jornal Petrolina: 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.