Arte

Janeiro de Grandes Espetáculos: sábado de música e variedade de peças


A Cia Fiandeiros de Teatro traz mais uma apresentação do espetáculo Cantigas de Fiar

Karina Costa Albuquerque Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 01/02/2020 às 10:00
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

O Janeiro de Grandes Espetáculos 2020 segue com programação variada. Neste quinta-feira (30), os espetáculos variam entre comédia, dança e até palestra sobre a cena cultural. O festival segue até o dia 3 de fevereiro de 2020.

>> Fim de Semana terá prévias de carnaval, MPB e humor no Grande Recife

>> 'Partiu, folia'! Veja a programação oficial das prévias de Carnaval no Recife

>> Confira o calendário das prévias carnavalescas de 2020 em Recife e Olinda

Confira a programação

Teatro adulto

Rent: Os Boêmios (Escola Lalu Academia de Artes/Recife)

Adaptação da Broadway, o musical apresenta um grupo de amigos na Nova Iorque dos anos 1980. Em pleno boom do vírus HIV, os jovens passam a refletir sobre os rumos de suas vidas. Diretora Cênica e Geral: Rauani Castro. Diretor Musical: Diel Rodrigues. Elenco: Amanda Nunes, Arthur Cardoso, Brayan Soares, Catarina Martins, Concê, Ítalo Lima, JP Barros, Lucas Lopes, Luciana Alves, Marco Aurélio, Milena Lemos, Yan Victor.

Serviço:

19h, no Teatro Luiz Mendonça

Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Classificação: 18 anos

Trilogia Vermelha: pro(FÉ)ta – o bispo do povo (Coletivo Grão Comum/Recife)

Terceiro espetáculo da Trilogia Vermelha narra os fatos que levaram à morte do padre Henrique, em 1969. O fato teve repercussão internacional por ser um recado cruel para o então arcebispo de Olinda e Recife, D. Helder Camara, calar-se diante da sua luta política pela defesa dos direitos humanos e pela justiça social. Opositores escolheram como alvo o assessor mais próximo de Camara, cujo trabalho era igualmente notável e de grande influência. Elenco e Encenação: Daniel Barros, Jr. Aguiar e Marcio Fecher. Músicos: Felipe Silva e Fabio Silva.

Serviço:

19h30, no Sesc Casa Amarela

Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Classificação: 16 anos

A Mulher Monstro [S.E.M. Cia. de Teatro (Sentimento, Estéticas e Movimento) / Recife e Natal]

Inspirada no conto Creme de Alface, de Caio Fernando Abreu, e na poética da Mulher Monga, a peça denuncia expressões e atitudes radicalistas, fundamentalistas e segregacionistas do cotidiano. Aborda a discriminação social em tempos de alienação e ira. Não apenas metaforicamente enjaulada, argue as mais variadas faces da intolerância. A dramaturgia impacta posições de opressão, assédio, egoísmo e medo, tocando em questões urgentes de gênero. Direção, Dramaturgia e Atuação: José Neto Barbosa.

Serviço:

20h, no Teatro Marco Camarotti

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Classificação: 14 anos

Duelo (Construtores de Histórias/Recife)

Montado originalmente em 1995, o espetáculo é revisitado agora com o elenco original. Duelo, texto de Guimarães Rosa, é um mergulho na alma humana, uma ode a poesia e a poética que o teatro pode proporcionar. Com estética calcada no regional que se universaliza, é rústico e manufaturado, sem ser folclórico. As personagens vivem suas contradições conduzidas pelo destino, resultado das suas ações, crenças e desejos. A narrativa é instalada num sertão onde céu e terra se misturam quase como uma metáfora da aridez das personagens. Um drama de amor e ódio, no qual os sentimentos se confundem numa linha tênue e ambivalente. Elenco: Pedro Henrique de Andrade Dias, Júlio Rocha, Mario Miranda, Carlos Lira, Angélica Zenith e Paulo de Castro. Adaptação e Direção: Carlos Carvalho. Músicos: Matheus Carvalho e Paulo Barros.

Serviço:

20h, no Teatro Reinaldo de Oliveira – Garanhuns

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Classificação: 14 anos

A Estrada (ENTREtanto Teatro e A Lagarto Amarelo/Portugal)

Uma reflexão sobre o novo lugar do homem no seu meio ambiente. O homem que nasce e morre, que procura o seu lugar, que foge a elementos opressores que o tentam restringir, que procura conquistar a sua liberdade e sustento. Adaptação Dramatúrgica: Cláudia Negrão e Júnior Sampaio. Encenação: Cláudia Negrão. Interpretação: Júnior Sampaio.

Serviço:

20h, no Teatro Rui Limeira Rosal - Caruaru

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
Classificação: 12 anos

Teatro para infância e juventude

Canções, Cancionetas e Caçarolas (Cia 2 Em Cena de Teatro, Circo e Dança/Recife)

Quatro palhaços-cantores e um divertido repertório de canções, cançonetas, caçarolas e palhaçadas. Dunga, Joe, Risadinha e Sem Nome convidam o público a cantar antigas canções de palhaços, relembram cantigas de roda, fazem divertidas paródias e apresentam números cômicos. Dramaturgia e Encenação: Alexsandro Silva. Elenco: Alexsandro Silva, Arnaldo Rodrigues, Davison Wescley e Flávio Santana.

Serviço:

16h, no Teatro Barreto Júnior

Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

Classificação: Livre

Música

Cantigas de Fiar (Recife)

Em um show leve e repleto de afetividade e ludicidade, o espetáculo da Cia Fiandeiros de Teatro resgata as trilhas sonoras criadas para espetáculos para crianças. As músicas são cantadas e tocadas pelos atores da Companhia Fiandeiros de Teatro. Direção: André Filho. Direção Musical: Samuel Lira. Elenco: André Filho (voz e violão), Charly Jadson (percussão), Daniela Travassos (voz), Geysa Barlavento (voz), Kéllia Phayza (voz), Lyon Figueiredo (voz e trompete), Manuel Carlos (voz), Samuel Lira (voz, teclado e flauta), Vitor Chitunda (voz e violão).

Serviço:

19h30, no Teatro Hermilo Borba Filho

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Classificação: Livre

Xico de Assis em “Mistérios: Encanteria e Resistência” (Recife)

O sambista Xico de Assis apresenta um show focado na ancestralidade, na política, com seus mistérios e resistências, exaltando a negritude e dando voz às minorias sociais. Intérprete: Xico de Assis. Percussão: Amendoim. Violão: Ginga. Cavaquinho: Lucas César.

Serviço:

20h, no Teatro Arraial Ariano Suassuna

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Classificação: 12 anos

Serviço do festival

26º Janeiro de Grandes Espetáculos – Festival Internacional de Artes Cênicas e Música de Pernambuco

De 8 de janeiro a 3 de fevereiro de 2020

+Informações e programação completa: www.janeirodegrandesespetaculos.com

+ Endereço dos teatros: www.janeirodegrandesespetaculos.com/2020/#Espacos
+ Ingressos: venda antecipada no www.sympla.com.br e quiosques da Ticket Folia nos shoppings Recife, RioMar e Tacaruna. Nas bilheterias dos teatros/espaços, à venda duas horas antes de cada sessão.


Mais Lidas