Morre o fundador do Museu da Cachaça de Lagoa do Carro aos 67 anos

José Moisés de Moura já foi considerado o maior colecionador de cachaças do mundo pelo Guinness Book

FALECIMENTO
Morre o fundador do Museu da Cachaça de Lagoa do Carro aos 67 anos

Museu da Cachaça de Lagoa do Carro - Foto: José Moisés Moura/cortesia

Faleceu, no Recife, José Moisés de Moura, de 67 anos, proprietário do Museu da Cachaça de Lagoa do Carro, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Moura lutava contra um câncer de pulmão e estava internado há 21 dias no IMIP. 

Ele deixa esposa, três filhos e seis netos. O corpo está sendo velado na cidade de Lagoa do Carro, onde ele morava com a família, e o sepultamento acontece nesta quinta-feira no cemitério de São Sebastião.

LEIA TAMBÉM: Conheça o Museu da Cachaça de Pernambuco

Moura recebeu o título de maior colecionador de cachaça do mundo através do Guinness Book um ano após fundar, em 1998, o Museu da Cachaça de Lagoa do Carro. Ele perdeu o título para o mineiro Messias Soares Cavalcante. Inicialmente, ele possuía quatro mil garrafas e, atualmente, o acervo ultrapassa 15 mil unidades.

O espaço do museu é dividido em curiosidades, catalogação geográfica por estado, demonstração do processo produtivo, boteco cenográfico e loja bar para degustação e venda de cachaça. 

O museu tornou-se um ponto turístico local e uma referência em Pernambuco para turistas de outros estados e até mesmo de fora do Brasil. A Prefeitura da cidade de Lagoa do Carro decretou luto oficial por três dias.

Ouça a reportagem de Ramos Silva:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.