IMPOSTO

Primeira parcela do IPTU do Recife vence nesta segunda-feira (10)


Mais de 356 mil carnês do IPTU foram enviados pela Prefeitura do Recife

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 10/02/2020 às 10:27
Marcos Pastich/PCR
FOTO: Marcos Pastich/PCR
Leitura:

O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) do Recife vence nesta segunda-feira (10). Quem está adimplente com o município pode quitar a cota única com 10% de desconto ou optar pelo parcelamento em até dez vezes, com desconto de 5%.

Mais de 356 mil carnês do imposto foram enviados pela prefeitura. No entanto, o contribuinte pode emitir o extrato e a segunda via do imposto acessando o site da Prefeitura do Recife. É preciso informar o número do sequencial do imóvel.

O secretário de Finanças do Recife, Ricardo Dantas, explica como os contribuintes que tem IPTU em atraso devem proceder. "O contribuinte que não estava adimplente na data de corte que a prefeitura dá, que é 30 de novembro do ano anterior, ainda tem a possibilidade de pagar a cota única do IPTU que vence nesse dia 10 de fevereiro com 5% de desconto. Se ele optar por pagar em 10 parcelas, de fevereiro a novembro, ele não tem desconto na parcela", disse.

O desconto no IPTU é garantido pela lei municipal número 17.408 de 2008.

Crédito de 30%

Os contribuintes que solicitam a nota de prestação de serviço utilizando o número do CPF, recebem um crédito de 30% do valor pago de ISS como desconto do imposto para um imóvel próprio ou de terceiros, desde que não possua débitos em atraso com o município. Aproximadamente 12 mil imóveis foram indicados para ter desconto no IPTU de 2020.

O secretário de finanças detalha como é feito este processo. "O contribuinte, toda vez que contrata um serviço, ele pedindo a nota fiscal e informando o CPF dele para constar nessa nota fiscal, já via ficar automaticamente creditado pra ele 30% do valor do ISS daquela nota para que ele possa, a cada mê de novembro, indicar o imóvel que não precisa ser dele para receber esses créditos do IPTU. Ele pode abater até 50% do valor do IPTU do imóvel se ele tiver créditos para isso", disse.

De acordo com o secretário, a aplicação da arrecadação do IPTU pode ser para qualquer área da cidade.


Mais Lidas